.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! Abraços fraternos!

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS!  Abraços fraternos!
As homenagens são publicadas conforme a disponibilidade de tempo. Se ela chegar sem foto e mensagem não poderei publicar. As homenagens são publicadas conforme a ordem de chegada no e-mail.

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! ABRAÇOS FRATERNOS!

domingo, 29 de maio de 2011

Tati e Tommy




5ª Psicografia da Tatiana

Mãe, os sonhos não se acabaram.

Não nos aconteceu nada que nos mostre uma angelitude que dela estamos distantes, mas a suposta distância nos faz encontrar por mais vezes, pois nos enxergamos através do que vemos de dor nos outros. E o intercâmbio que nos facilita esta nova visão da vida, devemos a Deus.

Quando nos sentimos distantes, temos o site da integração de poderes que Deus oferece às suas criaturas.

Na Terra, os computadores facilitando os encontros e encurtando distâncias. E entre este cosmo de vida e a Terra, temos o planejamento de nossas trajetórias através do cordão de luz que nos liga.

Vó Rosa, não me chame de maluca, sou apenas a menina sapeca.

Vó, o Tommy está aqui, e logo vou até a Lydia para que ela receba os meus beijos e os beijos do meu, ou nosso cãozinho.

Lydia, a festa da vida continua, e não pense em perder o direito de ser feliz, porque a felicidade Deus nos permite encontrá-la desde que iniciemos nossos passos em direção à ela.

Qualquer coisa amiga, conte com a Tati. Os amigos não se esquecem.

Vó Rosa, a tia Ivete, a tia Silvinha, o vovô Paulo me pediram para abraçá-la, e estamos desejosos de que a Mari esteja mais confiante.

Mãe, dá essas notícias ao papai Jorge, de maneira que meu querido pai possa sentir todo o amor que dedico a ele.

Meus beijos na Lú. Minha irmã Luciana é o anjo que não pode se distanciar desta criatura que tanto precisa da companhia querida deste anjo.

Beijos vó Rosa.

Beijão mãe.

Lydia, meu abraço.

Meu carinho ao tio Paulo.

Lembranças a todos.

Desta menina um tanto sapeca.

Tati.

Tatiana Madjarof Bussamra.

MENSAGEM PSICOGRAFADA PELO MÉDIUM CELSO DE ALMEIDA AFONSO, EM REUNIÃO PÚBLICA, NA NOITE DO DIA 27/04/2007, NO CENTRO ESPÍRITA “AURÉLIO AGOSTINHO”, À AV. LUCAS BORGES, 61 – UBERABA – MG.

Esclarecimentos:

Rosana e Jorge — Pais;
Lú (Luciana) — Irmã;
Vovó Rosa — Avó materna;
Tio Paulo — Tio materno;
Mari (Mariana) — Prima, filha da Ivete;
Lydia — Melhor amiga da Tati. A Tati se dirigia à casa de praia da Lydia, em Laguna – SC, para um almoço entre amigos, quando aconteceu o acidente. A Lydia, desta vez, estava presente à reunião em Uberaba;
Tommy — Cãozinho da raça Maltês, com 3 meses de vida, que a Tati ganhou do pai uma semana antes do acidente e que desencarnou com ela;
Tia Silvinha — Tia materna, desencarnada em 04/05/1986, aos 19 anos, em acidente automobilístico na Via Anchieta;
Tia Ivete — Tia materna, desencarnada em 22/06/2005, aos 44 anos, em decorrência de um câncer;
Vovô Paulo — Avô materno, desencarnado em 12/05/1991, aos 57 anos, vítima de infarto.


Tatiana Madjarof Bussamra
Nasceu em 21/12/1982 em São Paulo – SP
Desencarnou em 04/02/2006 em Capivari de Baixo – SC



quarta-feira, 25 de maio de 2011

Isa, Saudades...


Isa minha linda, sinto muito sua falta


Em homenagem a minha pequena e minha linda ISA


que hoje dia 25/05 faz um ano que partiu e atravessou a Ponte do Arco- Íris
Hoje ela me faz muita falta, muita mesmo... ja chorei muito novamente vendo as fotos dela
ela morreu de uma doença maldita chamada parvovirose......
Não consegui me recuperar da perda dela..... Toda vez que lembro dela, a tristeza me mata por dentro....
Isa você faz muita falta minha linda, espero te encontrar um dia novamente


∂éвýђ ℓýи ℓээ





terça-feira, 24 de maio de 2011

Raflynho Saudades...




Cinco Meses sem meu Raflynho


Meu doce Rafleys, que saudade de você!


Já faz tanto tempo (cinco meses) que não lhe vejo, tantos dias já se passaram e não lhe esqueci um dia sequer. É que você entrou na minha vida e a fez bem melhor; preencheu o meu coração com coisas muito especiais; preencheu a minha alma com muito amor.
Ainda não posso compreender essa mudança. Numa fração de segundos meu sol foi embora com você e fez-se noite em meu viver. Já busquei mil maneiras de lidar com a saudade, mas ela sempre me vence. É mais forte que meus instintos, maior que meus limites.

É uma incombatível saudade.


Meu Raflynho, como queria lhe homenagear sem falar de tristezas, mas infelizmente não sou capaz. Preciso acreditar que lhe amar tanto não me tornou perdedora, pelo contrário, amar e conviver com você me tornou ganhadora. Amar você foi ter esperanças, alegrias, aconchego. Foi descobrir a cada dia novas emoções, novas formas de ser feliz e de proporcionar felicidade. Você me deu muitas lições importantes, a de como amar incansável e incondicionalmente, a principal delas. Toda sua energia, brilho, companheirismo, lealdade e generosidade são muito valiosas para deixá-las distantes de minhas recordações.
Ainda não consigo acreditar que você partiu. Tento preencher meus dias e noites trabalhando, visitando ou recebendo visitas, promovendo faxinas, arrumações, lendo, navegando na Internet mas, é tudo tão forçado, sem entusiasmo e improdutivo.
Percorro, agora sozinha, o trajeto que fazíamos em seus passeios diários. Refaço mentalmente seu ritual de cheiradinhas e pipizinhos. Passo diante da banca de jornal e lá está o seu Manolo, para quem você, por pura implicância, latia todos os dias e, até neste momento lágrimas e sorrisos se misturam. Procuro por você em todos os cantos, mas só lhe encontro em pensamentos e no meu coração que dói de saudades. O toque de seu pelo macio está na ponta de meus dedos. Seu cheirinho continua presente no ar que respiro. A ternura de seu olhar não desapareceu em meio a tantos outros olhares. Sabe amadinho, hoje relembro com saudade do nosso tempo, do nosso amor, da nossa alegria. Agora só lhe vejo nos meus sonhos e ao acordar minha vida parece tão vazia, pois afinal, falta a sua doce presença. Todos dizem que está na hora de me despedir de você. Não consigo perceber por que, pois trago-o comigo no meu coração. Quero que as pessoas se lembrem de você, quem não lhe conheceu que o conheça, que saibam da sua importância para mim, de como o amei e amo e do quanto você me amou. Quero que saibam do ser maravilhoso que você foi, das alegrias que me proporcionou e que nada nem ninguém preencherá sua falta. Buscar um novo amor?

Bobagem, porque amor assim só um.
Sua estada em minha vida é a consciência clara e permanente de algo que não faz parte das coisas de natureza perecível. Você é meu tesouro sem preço, um gostar sem distância. Aonde quer que eu vá, nunca estarei sozinha, pois sinto que você estará sempre junto a mim, em mim.
Meu lindo anjinho, que os céus lhe ofereçam tudo que eu sonhava e queria lhe oferecer enquanto estava aqui comigo. A você meu lindo anjo peludinho, meus desejos de altos e maravilhosos vôos que lhe conduzam ao encontro de outros anjos, mas não me esqueça, pois meu amor por você sempre se manterá, e meu coração será sempre, sempre seu.
Por todo o amor que me devotou, por sua vida a mim dedicada e por muito mais, obrigada querido.
Fique com Deus e São Francisco meu peludinho querido, meu amigo, meu companheiro, meu bonequinho, meu anjinho, meu filhinho, meu amor. Que Eles lhe abençoem, lhe guardem e lhe conduzam na sua viagem. Sorria e aproveite a companhia Deles até o dia do nosso reencontro.
Minhas saudades, meu carinho, minha gratidão, meu mais puro amor e milhões de beijinhos nesse coraçãozinho que conheci tão bem.


Mamãe

Vanda


“Meu amor
Ah! Se eu pudesse te abraçar agora
Poder parar o tempo nessa hora
Pra nunca mais eu ver você partir...”

(Luiz Ayrão)








segunda-feira, 23 de maio de 2011

Além do Arco-Íris



"Além do arco-íris
Pode ser
Que alguém
Veja nos olhos
O que eu não posso ver

Além do arco-íris
Só eu sei
Que o amor
Poderá mudar
Tudo o que eu sonhei

Um dia a estrela vai brilhar
E o sonho vai virar realidade
E leve o tempo que levar
Eu sei que eu encontrarei
A felicidade

Além do a ... "Além do arco-íris
Pode ser
Que alguém
Veja nos olhos
O que eu não posso ver

Além do arco-íris
Só eu sei
Que o amor
Poderá mudar
Tudo o que eu sonhei

Um dia a estrela vai brilhar
E o sonho vai virar realidade
E leve o tempo que levar
Eu sei que eu encontrarei
A felicidade

Além do arco-íris
Um lugar
Que eu guardei segredo
E só eu sei chegar

Um dia a estrela vai brilhar
E o sonho vai virar realidade
E leve o tempo que levar
Eu sei que eu encontrarei
A felicidade

A luz do arco-íris
Me fez ver
Que o amor
Dos meus sonhos
Tinha que ser
Você!"

sábado, 21 de maio de 2011

Mini O'Hara Saudades...



Esta é a última foto de minha querida e amada filhota,
"Minnie O'Hara"
em 29.09.2009.
Pela minha fisionomia pode-se notar o quanto estava sofrendo.


"Saudade é um longo olhar".

Kleber



sexta-feira, 20 de maio de 2011

Lyon e Dox. Saudades...


Dois
marginais após praticarem um assalto em Belo Horizonte fugiram e se
esconderam na beira de um lago. A PM foi acionada e utilizou cães nas
buscas pelos bandidos. Após os cães localizarem um dos bandidos,
enquanto ele era preso o outro bandido atravessou o lago e executou os
dois cães sendo preso em seguida.
Os cães, que são considerado membros da Polícia Militar de Minas Gerais, terão sepultamento com honras militares.






Pela primeira vez na história da polícia de Minas Gerais, dois cães policiais, que morreram durante operação militar na cidade de Ribeirão das Neves, foram cremados com honras militares. A cerimônia aconteceu ontem, no quartel da 1ª Companhia de Missões Especiais (CME), de Contagem. Os cachorros Lyon e Dox, da raça pastor alemão, foram baleados por criminosos. Mais de 100 pessoas, entre civis e policiais, participaram da cremação.

O subtenente Edmar Geraldo dos Santos explicou que os cães fazem parte da coorporação e são considerados militares, por isso a decisão de prestar a última homenagem aos animais que deram suas vidas pelos policiais.

- Todo o treinamento do cão é para preservar a vida do policial e do bandido. Os animais são treinados para atingir pontos não vitais. Eles apenas imobilizam um suspeito até que um policial possa efetuar a prisão - disse.

O sargento Wellys Lucindo, condutor há três anos do cachorro Lyon era um dos mais emocionados:

- É a mesma coisa que perder um familiar. Sabemos que eles são treinados para isso, mas não somos preparados para perdê-los - ressaltou ele, enquanto relembrava com os companheiros o comportamento do cão durante as operações policiais.

O veterinário responsável pelos cães, Fernando Pinto Pinheiro, contou que Dox estava para se aposentar.

- Os cães têm um período de oito anos de serviço policial, mas como o Dox estava com um problema na articulação, mesmo sem completar todo o serviço, ele seria retirado da atividade. Independentemente do que ele produz de benefício, o que importa é a saúde - afirmou




Um dos oficiais mais comovidos na cerimônia era o condutor do cachorro Lyon, há três anos, sargento Wellys Lucindo. Ele não conseguiu conter as lágrimas na hora da despedida. "É a mesma coisa que perder um familiar. Sabemos que eles são treinados para isso, que são como kamikazes, mas não estamos preparados para perdê-los". Durante a cerimônia, Wellys relembrou com os companheiros o ótimo desempenho do cão em várias operações.



As cinzas dos cachorros foram levadas para o canil onde eles moravam. Depois da cerimônia, os policias seguiram para a Companhia de Missões Especiais para uma solenidade em homenagem aos animais.



QUE DEUS OS TENHA NAS PALMAS DE SUAS MÃOS ESTE DOIS HERÓIS QUE MERECE TODAS AS HONRAS!

Meu São Chiquinho,
Que estejam em TEUS braços nossos Anjinhos chamados por TI
"Saudades... Dos nossos Peludinhos que estão na Ponte do Arco - Iris"

Capelinhade São Francisco Memorial Pets

Fonte : G1




Amei Você!!


Haverá um dia em que o destino irá nos separar definitivamente!
E quando esse dia chegar, não chores,


apenas ame e pense em mim!
Se alguém perguntar "O que foi"?


diga apenas que eu existia,
Mas, se alguém, perguntar o que fiz,


diga que só fiz uma coisa:



Amei você!!!



E como Amei...

Dourival josé

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Billy Joe, Saudades...


Saudades eternas!


Meu Billynho amado, ainda estou muito angustiada por sua partida, o vazio de meu coração é imenso, minhas lágrimas brotam sem que eu consiga controlar a todo momento...
Não sei por que vc se foi, mas deixou muita saudade e dor em quem ficou...
Acredito que vc estaja bem e isso está me confortando um pouco.
Me desculpe meu amor por sua mamãe não estar na hora em que vc passou mau, e quando mamãe chegou vc já estava de partida... Queria tanto ter feito mais, e conseguido te salvar, mas creio em Deus e acho que era sua hora... Como disse seu papai vc veio nos trazer alegria e deixar sua sementinha, plantou algo de bom em nossa familia!

Obrigada por ter nos privilegiado com sua enorme presença, apesar de seres tão, tão pequenino.
Hoje fazem quatro dias que vc desencarnou, mas olha meu tekinho sua presença será eterna em nossas vidas! Fico feliz por ter dito tantas e tantas vezes o quanto eu te amava, por ter te beijado tanto, por ter dividido minha cama com vc, mesmo quando estavas sujinho, pelas noites que passei cuidando de vc, enfim agradeço por todos os momentos juntos, por seu amor incondicional, e olha o meu tbém foi completamente incondicional para com vc!!!
Mamãe vai procurar acalmar o coração e as lágrimas para que veja que me trouxe só alegrias e que a tristeza não pode tomar conta de nosso ser certo meu bebê?

Billy Joe, fica com Deus!!!
Te amo demais e vc sempre soube disso!
Saudades eternas...
Até um dia meu doce amor... Pois sei que o seu olhar eu reconhecerei quando eu te ver novamente...


Léia




quarta-feira, 18 de maio de 2011

Susie, Saudades...


Susie


Sinto saudades suas filha, saudade do seu dengo, da sua forma de pedir atenção, saudade da sua gostosa companhia. Mas hoje me sinto mais calma, e sei que voce está na companhia de Toquinho e tantos outros irmãos que já se foram, sei que me esperam, e peço que lembrem... Eu também espero ansiosa pelo nosso breve encontro, não deixei de ama-los e nem por um momento esqueci de voces...
Sú, desculpa por encurtar sua vida, sinto muita culpa por isso, mas saiba minha pincesinha, sua mamãe te ama muito e esta morrendo de saudade de te afagar e ter voce do meu lado... fica bem amorzinho, e me espera, que no futuro, seremos de novo uma familia unida...


Angélica





Queimadinho, Saudades...


Queimadinho


Queria eu ter uma foto para colocar aqui, e neste momento estou com o coração partido e cheio de dor. Para quem acompanhou a história do cavalo Queimadinho, agora soube que ele voltou para junto de Deus, vítima de tremenda crueldade, de ignorância e maldade. Ele, que lutou tanto, por quem tanto lutaram. sequer o vi de perto, mas eu e milhões de pessoas torceram e choraram por ele .

Bixinho de Deus, irmãozinho querido, cura tua dor com as minhas lágrimas...


Déa








Brida, saudades...



Uma semana sem ela, agora ela é a minha estrela guia, é incrível como a minha casa ficou vazia e silenciosa.... como pode uma personalidade tão grande caber num corpinho tão pequenininho de uma gatinha, minha BRIDA.... Hoje sei que era ela que preenchia todos os espaços do meu lar, meus outros dois gatinhos, o Fluke e a Sarah também sentem a falta dela, procuram por todos os cantinhos e me olham com aqueles olhinhos interrogativos....

O que dizer, quando nem eu sei a resposta, quando eu mesma me vejo procurando por ela, conversando com ela, simplesmente não parece que ela se foi..... A presença dela está em tudo, falo com ela o tempo todo, será errado? Ainda me preocupo, será que ela está com fome, com frio? É claro que ela está bem, está evoluindo, mas acho que meu cérebro ainda vai levar um tempo para se adaptar à nova realidade, uma triste realidade.

Hoje consegui ligar o rádio, ontem consegui me alimentar bem, aos poucos tento retomar minha vida e me cuidar, até porque não seria justo com minha família e amigos, que fazem de tudo para me animar, me encorajar.... Estou tentando ser forte e superar, tem tanta gente me apoiando, sou tão grata a Deus e à vida, não quero decepcionar ninguém....

Mas descobri que algo dentro de mim mudou para sempre, conviver com essa perda, é como reaprender as pequenas coisas do dia a dia, viver uma coisa de cada vez..... cuidar da minha família, dos meus gatinhos, de outros gatinhos que com certeza virão, pois nunca vou desistir de amar essas criaturas tão abençoadas e originais que Deus colocou ao nosso lado, e rezar para que ela volte, volte para que continuemos nossa caminhada juntas.

Obrigada a todos pelo carinho e apoio, nesse site encontrei alívio em muitos momentos, parabéns por esse lindo trabalho!

Andréa Macedo






domingo, 15 de maio de 2011

São Francisco de Assis, Obrigado (a)!




Agradeço à
“São Francisco de Assis"


Padroeiro dos humildes, do meio ambiente, dos animais, das pessoas simples, de todos aqueles que verdadeiramente querem trabalhar para serem instrumentos da Paz, o amparo na Fé, na Esperança e na Caridade, principalmente o estreitamento dos laços de afeto na minha família, na comunidade em que atuamos, em nossas respectivas atividades profissionais, mas, acima de tudo, o amparo espiritual , na Fé, a despeito do sofrimento, quando lhe impunhamos nossas mãos, com a bênção franciscana:
" O Senhor te guarde e abençôe, o Senhor volte sua Face para ti e te Dê misericórdia, o Senhor te dê a sua Benção e te conceda a Paz!
"Poverello d'Assisi", te somos muito gratos e esperamos sempre continuar em nossa caminhada , na tua Paz, que é a "Paz e o Bem" do Senhor.
Assim Seja


sábado, 14 de maio de 2011

Dia Internacional da Familia




Estrelinha Crystal




✰27/04/2011

Crystal



QUERIDA E AMADA CRYSTAL
QUANTAS SAUDADES VC DEIXOU EM NOSSAS VIDAS
MAIS HOJE VOCÊ ESTA JUNTINHO DE DEUS,
FIQUE AI FELIZ COMO ERA EM NOSSA CASA!!

Crystal, palavras de minha filha Criss,

meu bebezinhooo *-*
voo sentii faltaa de brinca e de brincar com ella (
mais uma iguala ella nunca mais a gente vai ter
nosaa coisinha preta carentii *-*
qe gosta de pular janelaa
Forever sz'

Léia
Com o carinho da Cristina






Pelucinha, Saudades...


Pelucinha,


A cada dia que passa ta mais difícil ficar sem vc, quanta falta sinto de seus latidinhos,suas brincadeiras,vc me pedindo pra subir na cama,quantas tardes passamos juntas estudando para as provas da faculdade,vc ficava sentadinha no meu colo prestando atenção enquanto eu passava a materia a limpo (eu me lembro de falar com vc que se vc pudesse falar e trabalhar daria uma otima enfermeira pois parecia entender tudo sobre a materia que eu estudava, sinto falta até de suas pirraças para tomar banho, ou então quando andava atrás de mim pedindo comida.

Hoje sei que vc esta em um lugar lindo cheio de amiguinhos para brincar e tambem sei que tá feliz.

So queria que mais uma vez soubesse o tanto que eu te amei e ainda te amo.

Para sempre minha neguinha,

beijos minha Estrelinha.

TE AMO


Paula

Joe Saudades ...





Querido Joe,

muitas saudades e um grande vazio desde terça feira quando voce seguiu sua caminhada junto aos anjos, que voce descanse em paz e que sua nova jornada se limite em

paz, amor, verdade, justiça para sempre.

Voce é inesquecivel,foi e será muito amado.

Que Deus te abençõe de todas as formas assim como todos animais do planeta terra,até nos lugares mais obscuros desta terra.

Fica na paz querido amigo, companheiro.

Lindo Joe para sempre em nossos corações....


Neide, Paulo, Bruna e Rafael





sexta-feira, 13 de maio de 2011

Salve Nossa Senhora de Fátima!







Estrelinha Dub






✰ 08/05/2011

Dub

Saudades do meu DUB...

Meu eterno bebezinho, quero acreditar que você está bem e feliz.



Afinal agora, você vive bem juntinho do seu Idealizador e Criador que ama, protege, cuida e ampara seus filhos e criações como só um Pai amoroso e perfeito é capaz de fazê-lo e, se Ele, mesmo após meus pedidos e súplicas quis levá-lo para junto de Si, é porque queria lhe proporcionar uma vida infinitamente melhor, feliz e perfeita do que a que eu, mesmo com o imenso e indescritível amor que nutria por você não era capaz de lhe oferecer.



Por fim, meu filhinho querido, quero muito agradecer a Deus por ter me emprestado você por esses quase 15 anos.



Foi uma das mais gratas e felizes companhias que pude ter.



Se não houvesse você em minha vida, jamais poderia saber o real significado de sentimentos como ternura, bondade, amor incondicional,lealdade, generosidade e tantos outros, que só seres iluminados por Deus podem emanar.



Quero também lhe pedir perdão por tudo que tenha deixado de fazer por você ou para você. Você foi meu companheirinho que estava sempre a minha espera e disposição. Foi meu refúgio, meu regresso, o sonho mais bonito que viveu pra me alegrar.



Sei que vou ter de aprender a viver sem sua tão amada e constante presença e espero sinceramente um dia poder falar em você sem tanta agonia e dor. Falar de você não como alguém que morreu, mas simplesmente como alguém que viveu.
Aproveite bastante meu querido a companhia de Deus e de São Francisco, mas onde você estiver, não me esqueça, pois um dia estaremos juntos novamente e teremos grandes emoções nesse reencontro.



Saudades sempre Meu DUB beijos no seu coraçãozinho
...

Mamãe Rose








( À pedido da amiga Vanda: A homenagem original foi feita para o meu Rafleys)

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Brida, saudades...


Ontem, 10/05/2011 por volta das 16h00, minha BRIDA se foi deste mundo. Há pessoas que passam pela nossa vida, e têm uma personalidade tão forte que nos marca para sempre, e assim é ela, uma pessoinha determinada e voluntariosa, que só faz o que quer na hora que quer, totalmente o oposto de mim, que sou medrosa e chorona.... Quando entendi a BRI, passei a entender o mundo e as pessoas, pois essa foi a maior lição que aprendi com ela, que podemos nos amar e ser felizes juntos apesar das diferenças.

Falo dela no presente, pois estou recebendo muita ajuda espiritual, e sei que ela está bem, livre do corpinho doente que envelheceu tão precocemente, ela vai aprontar todas no céu dos gatos, tenho certeza que ela já chegou mandando e colocando ordem na bagunça, pois onde quer que ela esteja, é sempre ela que manda.

A minha tristeza agora é por não poder abraçá-la, alimentá-la, enfim cuidar dela, como sempre fiz, sei que ela está bem, mas queria tê-la ao meu lado, ela que sempre foi minha melhor amiga, minha confidente, sempre me entendeu e me ouviu. Foram 10 anos juntas, nos quais enfrentamos muitas dificuldades e compartilhamos todos os momentos, felizes e tristes. Não importa o que acontecesse eu sabia que ela sempre estaria no portão me esperando chegar, miando alto e forte. Quando eu chegava da faculdade tarde da noite, escutava os gritos dela já na esquina de casa.

Meu coração está quebrado, de repente me vejo desorientada, sem saber o que fazer, pois os últimos meses foram dedicados integralmente à luta contra a doença renal que a estava consumindo aos poucos, quando cheguei em casa ontem, não tinha o que fazer pois minhas noites estavam dedicadas somente a ela, era chegar, aplicar o soro, remédio, preparar uma sopinha de ração e tentar fazer ela comer um pouco, procurar xixi pela casa....

Nas últimas noites, dormimos tão abraçadinhas, e agora me vejo abraçando esse monitor, que está com uma foto gigante dela na tela de descanso. No meio da noite ela fazia xixi em mim, mas eu ficava feliz, pois o importante era que o rim dela estava reagindo ao tratamento. E realmente, estávamos vencendo a doença renal, o que a levou na verdade foi uma lipidose hepática, uma doença que se instaura rapidamente no fígado, pois ela não estava se alimentando direito, foi tudo tão rápido, que até agora estou sem entender..........

Agradeço imensamente à Gláucia que me apoiou nesse momento tão difícil e me doou os remédios da BIBI, com certeza agora as duas estão juntas e vão cuidar um pouquinho das mamães choronas aqui na Terra. Brida e Bibi, dois nomes parecidos e duas histórias que se cruzaram no momento final.

Obridada a todos que rezaram por mim, e disponibilizaram este espaço maravilhoso.

Brilhem estrelinhas, BRIDA E BIBI, onde quer que vocês estejam, brilhem muito!!!!



Andréa Macedo






segunda-feira, 9 de maio de 2011

Tati e Tommy





4ª Psicografia da Tatiana


Papai Jorge, é a sua baixinha, seu pingo de mel.

Um ano! Parece-nos que tudo aconteceu a poucas horas, tal a esperança de que eu chegue e diga: – Nada aconteceu, apenas atravessamos a rua sem segurar na mão do outro.

Mas lá se foram o inverno, a primavera, o verão, lá se foram as flores, e as águas que correm pelos riachos já não são as mesmas.

Pai, mamãe Rosana, não me vejo na condição daquela criatura rodeada por anjos, confortavelmente instalada em um trono de princesa ou de respeitosa dama do céu.

Não! Me vejo aquela mesma menina abraçada ao cãozinho; meu Thommy. E este toque com o estimado animal faz com que eu me veja invadida pelas lembranças de minha mãe acudindo os gatos, os cães, e sorrindo, fazendo uma mistura de lágrimas à mostrar de quem deseja fazer da dor um banquete, em que toda reação mostre algo positivo.

Sou a mesma pai! Precisando de você, dos seus conselhos, desejando ouvir sua voz a me dizer: – Faça sua parte filha! E confia que estamos tentando fazer a nossa como motivo de entregar a você a nossa certeza em Deus e em você, que sempre confiamos.

Mãe, vamos caminhando.

Não nos será fácil alcançar o fim desta estrada, mas seguimos.

E a experiência da vovó Rosa nos ensina; é o que sempre me diz a tia Silvinha.

A tia Ivete também tem nos mostrado coragem, e o vovô Paulo é aquele professor de sempre.

Vó, desculpa se tomo o lugar de suas meninas¹. Você sabe compreender da maneira que sempre soube.


Meu abraço à Mari, ao Paulinho e ao tio Paulo.

Pai, dá aquele beijo gostoso na vovó Jacy e no vovô Eduardo. Sei que eles me lembram com o mesmo carinho.

Beijos pai.

Meu abraço Patrícia, obrigada por esta atenção amiga.

Mãezona, vamos segurar esta!

Meus beijos na Lú, minha saudade e carinho a todos.

Beijão.

Tati.

Tatiana Madjarof Bussamra.



MENSAGEM PSICOGRAFADA PELO MÉDIUM CELSO DE ALMEIDA AFONSO, EM REUNIÃO PÚBLICA, NA NOITE DO DIA 02/02/2007, NO CENTRO ESPÍRITA “AURÉLIO AGOSTINHO”, À AV. LUCAS BORGES, 61 – UBERABA – MG.



Esclarecimentos:

Rosana e Jorge — Pais;
Lú (Luciana) — Irmã;
Vovó Rosa — Avó materna;
Tio Paulo — Tio;
Mari (Mariana) — Prima, filha da Ivete;
Paulinho — Primo, filho da Ivete;
Jacy e Eduardo — Avós paternos;
Patrícia — Atual mulher do Jorge;
Thommy — Cãozinho da raça Maltês, com 3 meses de vida, que a Tati ganhou do pai uma semana antes do acidente e que desencarnou com ela;
Tia Silvinha — Tia materna, desencarnada em 04/05/1986, aos 19 anos, em acidente automobilístico na Via Anchieta;
Tia Ivete — Tia materna, desencarnada em 22/06/2005, aos 44 anos, em decorrência de um câncer;
Vovô Paulo — Avô materno, desencarnado em 12/05/1991, aos 57 anos, vítima de infarto;
¹ Minha mãe também esperava receber mensagem da minha irmã Ivete ou da minha irmã Silvinha.


Tatiana Madjarof Bussamra
Nasceu em 21/12/1982 em São Paulo – SP
Desencarnou em 04/02/2006 em Capivari de Baixo – SC

domingo, 8 de maio de 2011

Madona Saudades...

Carinhosa Madona

Descanse nos braços amorosos da Mãe Natureza.
Que ela acolha o seu corpo e acalente a sua alma na morte, como em vida voce foi amado e acolhido.
Voce passou por todas as estações da vida.
 Na primavera, era um filhotinho, cheio de vida, energia e curiosidade, e foi crescendo dia após dia.
 No verão, chegou à juventude, explorando, brincando e aprendendo; aprendeu a amar sua família humana e a se adaptar aos ritmos da vida.
 Dos dias quentes de verão ao fescor e amadurecimento do outono, voce foi nossa amada amiga e companhia.
Fiel em seu amor, verdadeiro em seu coração, leal na sua amizade; ofereceu a todos nós amor incondicional e nos protegeu de todos os perigos.
Um dia o inverno chegou.
Os seus passos foram ficando mais lentos, com a idade, o seu amor se sublimou. Tornou-se mais puro, mais maduro, mais precioso. Agora o inverno acabou, minha amiguinha.
 Precisamos libertá-la para que encontre outra primavera.
 Que a sua alma se eleve e encontre os braços amorosos da Natureza.
Que os espíritos do Fogo iluminem o seu caminho nesta nova jornada.
Que os Espíritos do Ar o acompanhem com uma canção alegre.
Que os Espíritos da Terra o libertem das areias do tempo .
 E que os Espíritos da Àgua suavizem a sua transição.
Que as forças da divindade abrandem a dor do nosso coração e nos ajudem a nos adaptar à sua ausência. Que a sua alma possa ser livre
 E brilhar com as estrelas no céu.
Se voce ainda sofre com o apego aos amores terrenos,
Saiba que estamos bem,
pode descansar o seu Espírito.
Quando a sua alma estiver renovada,
Voce adquirirá uma nova forma
E voltará a compartilhar o seu amor com a sua família.
Nosso coração e nossas portas sempre estarão abertos para voce, caso escolha um dia voltar.
 Abençoado seja.


Saudades...

Lud, Oliver, Diana e Canuto

Com o meu carinho e Saudades...
Rejane Montresor

Mother's Day. Brazil.





Today here in Brazil is the Mother's Day.

I wish to all my foreign friends lots of health, peace, and love.

Kisses in your heart!!

Rejane Montresor

sábado, 7 de maio de 2011

Deus, abeçoe todas as Mães!!!








Ser Mãe
de Coelho Neto *

Ser mãe é desdobrar fibra por fibra
o coração! Ser mãe é ter no alheio
lábio que suga, o pedestal do seio,
onde a vida, onde o amor, cantando, vibra.

Ser mãe é ser um anjo que se libra
sobre um berço dormindo! É ser anseio,
é ser temeridade, é ser receio,
é ser força que os males equilibra!


Todo o bem que a mãe goza é bem do filho,
espelho em que se mira afortunada,
Luz que lhe põe nos olhos novo brilho!


Ser mãe é andar chorando num sorriso!
Ser mãe é ter um mundo e não ter nada!
Ser mãe é padecer num paraíso!


Mãe, Que a beleza das flores, a doçura do mel, o brilho das estrelas envolvam você hoje e que você continue irradiando este amor e esta alegria que você sempre nos ofereceu!
Seus Filhos, humanos e peludos.

Capelinha de São Francisco Memorial Pets







quinta-feira, 5 de maio de 2011

Cachorro Velho



Cachorro velho?

Ainda sinto seu cheiro amigo
Seu odor comum de cão velho
Que sem que notasse longos anos passou
Sem que notasse sem que quisesse o tempo expirou

Egoísta de tudo que tenho
Egoísta de meu tempo e porque não seu
De tudo que chamo de meu
De quase tudo que penso que desdenho

Seu latido já rouco me passa despercebido
Assim como o tempo que tenho vivido
Tudo que tenho passado e que também já tenho perdido
Mas onde pensas que vai velho amigo?

Se livrar de broncas e chineladas
De meus choros compulsivos
De estar comigo quando ninguém assim o quis
Não serás assim, pois isto não está em mim

Como se pronto eu ainda não estivesse
Como se querer lamentar o tempo que não te dei
A querer agora viver por velho e senil te ver
Esqueci que nem sempre ali estarias

E mesmo que boa vontade houvesse
Nada agora mudaria, sua silenciosa partida
Em noite fria que dormi aquecido
Sem saber se em seu partir houve sequer um gemido

Agora acordo e te vejo frio
Prelúdio da lágrima de um caudejar que não terei
Pois assim em vida seguirei sem ti velho amigo
Sempre lembrado e nunca por mim esquecido.


J Neto 22/02/09

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Mel Saudades...



HOMENAGEM À MEL DA BRUNA
História triste de uma agonia


Em meados de 2010, Bruna descobriu um pequena ferida no focinho de sua boxer Mel, por ela resgatada há 8 anos. Depois do diagnóstico inicial de câncer, Bruna se desdobrou procurando os mais diversos tratamentos, e a cadela só piorava e o câncer se alastrava. Acompanhei todo o sofrimento dessa mulher e de sua cadela, tão corajosas, através de suas postagens numa comunidade de veterinários.

Mel morreu, finalmente, dia 27 de abril de 2011, depois de muita luta e muita vontade de viver. Eu não podia deixar de fazer uma homenagem a ela e a sua dona Bruna, não só porque revivi minha própria agonia com minha Ágata em 2005, mas porque Mel era uma cadela meiga e inteligente, e sua dona um exemplo do que um dono de cão deve ser.

E, com mais tristeza ainda, fiquei sabendo que a labradora Gaya, companheira da Mel, está extremamente triste com a ausência da amiga, só fica chorando no portão até debaixo de chuva esperando a Mel voltar, e carrega com ela o cobertor da cadela falecida e sua vasilha de comida.

Estou rezando a São Francisco para que, além de receber Mel de braços abertos, dê um pouco de paz à sua “irmã” labradora Gaya e à sua “mãe humana” Bruna, que acompanharam Mel com coragem e amor incondicional durante toda a sua agonia.



Tereza







Xuxa Saudades...




HOMENAGEM A ESTRELINHA MÃE XUXA DE PRINCYS E JOICY.
UMA MÃE QUE MUITOS HUMANOS GOSTARIAM DE TER
CARINHOSA E QUE AMAVA FERVOROSAMENTE
SEUS BEBES E DOS OUTROS TAMBÉM...
ATÉ GATINHOS ELA ADOTAVA E AMENTAVA
COM AMOR.

SAUDADES...


*Marly Keller*