ღ

ღ

sábado, 21 de fevereiro de 2015

Estrelinha Bruma


21/02/2015

Bruma

Saudades...

Saudade lembrada, saudade sentida, 
saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna!




Elaine Aparecida Vicente



Estrelinha Boris


05/12/2014

Boris

oris meu filho amado viver sem você está sendo muito difícil. Meu fiel amigo companheiro. Por 10 anos tive o privilégio de ter você em minha vida! Nunca jamais em tempo algum vou te esquecer! 

Te amo e te amarei pra sempre!



Fabiana Gaddini

Estrelinha Clér


12/10/2007
28/12/2014


Clér

Existem pessoas que não gostam de cães.
Estas, com certeza, nunca tiveram em sua vida um amigo de quatro patas.
Ou, se tiveram, nunca olharam dentro daqueles olhos para perceber quem estava ali.
Um cão é um anjo que vem ao mundo ensinar amor.
Quem mais pode dar amor incondicional,
Amizade sem pedir nada em troca,
Afeição sem esperar retorno,
Proteção sem ganhar nada,
Fidelidade 24h por dia!

Um cão não se afasta mesmo quando você o agride.
Ele retorna cabisbaixo, pedindo desculpas por algo que talvez não fez.
Lambendo suas mãos a suplicar perdão.

Alguns anjos não possuem asas, possuem quatro patas, um corpo peludo, nariz de bolinha, orelhas de atenção, olhar de aflição e carência.
Apesar dessa aparência, são tão anjos quanto os outros (aqueles com asas) e se dedicam aos seus humanos tanto quanto qualquer anjo costuma dedicar-se.

Que bom seria se todos os humanos pudessem ver a humanidade perfeita de um cão...

"Você sempre esteve ao meu lado quando precisei de você. Na vida e na morte, sempre vou amar você."

Com saudades...
Mamãe Fran e Papai Gerson


Estrelinha Frida



2007
30/01/2015

Frida

Eu me chamo Frida e neste mês de janeiro, terminei meu caminho aqui neste mundo.
Eu já estava muito doente,mas minha mãe nunca desistiu,lutou por mim até meu último suspiro.Me lembro que foi em uma sexta feira, eu tinha passado o dia todo tomando soro no vet, e já não me sentia muito bem, minha tia Suzi veio me buscar e eu passei muito mal no colo dela.Me mandaram para casa, mesmo assim, acho que eles sabiam e queriam que eu estivesse perto da minha família quando acontecesse.
Me lembro de chegar em casa, com falta de ar,mas limparam meu focinho, e eu me senti melhor, até levantei a cabeça, minha mãe me levou no colo para eu fazer meu pipi, depois arrumou a cama quentinha pra que eu dormisse direitinho.Mas naquela noite eu piorei, e minha mãe e minha tia não saíram do meu lado.Elas me limparam, me colocaram em um nova caminha, e me deram um remedinho para que eu ficasse mais calma.Me lembro que a tia Suzi sussurrou no meu ouvido que tudo bem que se eu quisesse ir, ela ia ficar bem, me disse que eu podia ir encontrar meu amiguinhos...As palavras dela foram me confortando e eu de repente fiquei calma, e peguei no sono... Quando acordei estava me sentindo bem, com forças e vi o Tutu e a Meg, que eu não via há anos... saí pra brincar com os dois, fomos correndo pelo gramado fofo e macio, fazendo a maior, farra... de repente me lembrei de minha mãe e minha tia, e percebi que eu não estava mais com elas, naquele momento em que peguei no sono eu parti, atravessei a ponte do arco-íris,aqui não tem mais dor, nem sofrimento, meus melhores amigos no mundo estão aqui comigo..é perfeito! não fosse a saudade que sentirei de vocês, mãe, tia, vó...Um dia sei que nos reencontraremos,mas espero que isso demore, quero que vocês vivam muito e possam um dia ser felizes, como eu fui!! Adeus, ficarei bem.
de sua sempre,
Frida


Suzi

Estrelinha Docinho


17/01/2003
25/10/2014

Docinho


"Hoje estou muito triste hoje... perdi minha grande companheirinha de 11 anos de convivência...
A partir de hoje, ela passa a ser uma Estrelinha a brilhar lá no céu.
Tudo aqui em casa me traz a lembrança dela.
Eu a amei muito e ainda amo, ainda não sei como vou superar essa perda, uma presença tão preciosa em minha vida.
Espero que ela esteja bem, tenho certeza que está.
Ela foi um Anjo em minha vida, um anjinho de quatro patas que amei dimais.
Já está me fazendo muita falta, mas tenho que me conformar pois a vida continua...
Docinho, saiba que a vovó te amou muito e continuará te amando... Brilhe para mim pelo resto de meus dias."

Maria da Glória Duarte

Pedido feito por
Aline Cácchia



Estrelinha Kyra


11/02/2015


Kyra

Esta é a Kyra que foi achada em São Vicente em 2009 e adotada pela minha então noiva Andrea.

Quando me casei com a Andrea em 2012 confesso que tinha até ciúmes dessa princesinha por causa da dedicação da minha esposa para ela. Nunca tive até então um animalzinho de estimação e no começo não sabia como lidar com ela. As vezes me irritava por ela subir na cama, por fazer o xixizinho dela na sala, mas hoje daria tudo pra ver aquela poça no meio da sala outra vez, daria tudo pra sentir o cheiro dela e os pelos espalhados pela cama. Muito rapidamente ela foi me conquistando e o sentimento de amor incondicional por ela foi crescendo. Você ficava triste quando tínhamos que sair de casa para trabalhar né? Que amor incondicional é esse que você tinha por nós minha princesa. Como está difícil chegar em casa abrir a porta e não te ver abanando o rabinho com um bichinho de pelúcia na boca desejando as boas vindas. Olhava nos seus olhos e via sua alegria de estarmos em casa com você, pedindo um carinho uma brincadeira. Você lutou bravamente contra este câncer durante quase 1 ano. Você foi perfeita até no dia que se foi por si só não deixando a decisão de eutanasiar para a Andrea. Ela pediu para você ir meu amor e como sempre fez a atendeu indo ao céu feliz, sem doença perfeita como você sempre foi. Saiba que fizemos tudo ao nosso alcance e que queríamos e pedíamos sempre mais um dia ao seu lado. 

É claro que escrevo estas palavras com muita tristeza mas eu e a Andrea estamos e ficaremos felizes por nos dado a honra de tê-la ao nosso lado nesses quases 6 anos.
Você agora é nossa estrelinha mais linda, nossa anjinha.

Bjs do papai Nando e da mamãe Andrea.

AMAMOS você Kyra.

Estrelinha Mel



Mel

Carta ao meu querido anjinho Mel
Amada MEL, estamos com saudades de você e agradecemos por ter convivido conosco estes 13 anos.
Toda vez que olho para o céu te vejo entre as estrelas que brilham.

MELZINHA

Há treze anos papai do céu me deu o maior presente que eu poderia receber. A minha MELZINHA. Era o melhor anjinho que papai do céu poderia ter me dado. Era uma bolinha pretinha cheia de verme, passava embaixo do portão e por onde ia levava alegria e gritos de: “Mel não pode comer isso?”, “Mel deixa a Nekinha em paz”, “Mel larga isso”, “Mel para de comer você vai explodir” e etc... Não sei se felicidade plena existe, se alma gêmea existe, mais posso ousar a dizer que foram os 13 anos mais felizes e maravilhosos da minha vida. Com você eu pude ser sempre o que sou, por que você me enxergava como a melhor pessoa do mundo e não importava meus defeitos ou erros. Perto de você eu nunca senti medo, a não ser o medo de perder você. Você me fez rir demais, de todas as suas bagunças, me preocupar de mais, com todas as estripulias e tornou a minha vida muito colorida. A saudade dói muito, a dor de te perder é terrível, a falta que você me faz, ah nem posso explicar. Hoje pela primeira vez nesses 13 anos percebi que não estava sendo seguida por você, saí do quarto e não te vi, entrei no banheiro e você não estava lá me esperando. Lembra que eu costumava te chamar de sombra e de fiel escudeira, pois aonde eu ia não importava a hora e nem o lugar você estava comigo. Quando eu chegava em casa triste ou aborrecida, parece que você sabia e logo vinha me lamber e morder os meus pés. Hoje o céu deve estar em festa, posso até imaginar você aí alegrando a todos. Estou te escrevendo essas palavras por que embora todos os dias eu sempre tenha dito que te amo você foi a melhor coisa que já me aconteceu. Saiba que não importa onde, eu sempre estarei com você dentro do seu coração e você sempre estará comigo dentro do meu coração. Muitos vão ler essa carta de agradecimento e irão me achar uma tola, mas tolos são eles por nunca terem tido um amor tão puro quanto o seu por mim e o meu por você. Sei que a saudade vai doer muito, pois você está em tudo o que eu vivo, mas um dia essa dor vai se tornar mais branda e suave, um dia vou compreender por que você se foi. Deus tem um plano na vida de todos e com a gente não foi diferente. Termino essa carta te agradecendo por ter sido minha amiga leal e amorosa, por ter vindo para mim (pois não somos nós humanos que escolhemos vocês, são vocês que nos escolhem), por ter se doado por inteira a mim, agradeço por nunca ter me abandonado e por sempre me fazer feliz. Sei que aí no céu você virou uma estrelinha, e deve ser a estrelinha mais estabanada e brilhante de todo o céu. A Babi te ama muito, sente muita saudade. Saiba que isso não é um adeus, é um até logo.

Te amamos e sempre vamos te amar.
Da sua família.
Amém


Barbara Molino


Estrelinha Pitchuca


18/01/2015

Pitchuca

“Os ventos que às vezes tiram algo que amamos, são os
mesmos que trazem algo que aprendemos a amar...
Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim,
aprender a amar o que nos foi Dado. Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre.”..

Obrigada filhota pelos 8 anos de muito amor. Não estou conseguindo conviver com sua ausência.
Todos os cantos de casa me lembram você e bate um desespero enorme. Falta um pedaço de mim.
A vida continua.....mas menos feliz do que era antes......... Pra sempre te amarei...

Adriane Figura

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

Foi Vida ... Vida.


29/12/2014

Vida

Hoje eu sou como eu era na minha juventude.
Aqui a grama é sempre verde, as borboletas voam entre as flores e o sol brilha suavemente para baixo em cima de todas as criaturas de Deus.
Posso correr, saltar, não há doença, sem juntas doloridas sem abandono.

Quando cheguei, queria ir correr com os outros,
mas eu tinha algo a fazer.
Eu precisava chegar até você ,
para dizer que estou bem,
Que este lugar é realmente maravilhoso, e de paz.
E lhe dizer, Obrigada!
Obrigada por me fazer conhecer o amor e ser amada.

Eu estarei lá cuidando de você,
E em suas memórias que eu vou correr,
É só fechar os olhos para eu te cheirar e beijar.

Com você eu fui Vida!

Vida,
resgatada tetraplégica, com tétano debaixo de chuva e mal tratada,
apenas 1 ano e pouco de vida .
Dia 29/12/2014 ela virou estrelinha.

Tia Rê



quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Estrelinha Cacau


08/02/2015


Cacau

Como um anjinho de quatro patas
Apareceu em nossas vidas,
Cativou nossos corações,
A dor que deixou com sua partida,
Unica responsável por nossas emoções!

DIFÍCIL CONSEGUIR ANDAR PRA FRENTE
QUANDO SE PERDE O MOTIVO PELO QUAL CAMINHA.
DIFÍCIL OLHAR PARA TRÁS E SABER QUE O TEMPO NÃO RETORNA.
DIFÍCIL NÃO ENTENDER, E TENTAR EXPLICAR.
DIFÍCIL FOI TE PERDER E SABER QUE NÃO IRÁ MAIS VOLTAR.
DIFÍCIL É SABER E NÃO QUERER ACREDITAR!


Hoje, CACAU dia 08 de fev de 2015, você nos deixou aqui na vida terrena e foi brilhar lá no céu, junto de São Francisco e seus amiguinhos, mas papai Jonathan, mamãe Lucimeri e suas irmãzinhas Jéssica, Jhudy, Suzy e Kiara, jamais te esqueceremos, pois você estará pra sempre em nossos pensamentos e corações!

Te amamos demais minha doce Cacau.

Lucimeri Cardozo

Estrelinha Shamps


06/02/2015

Shamps

"Shamps, hoje é o dia mais triste da minha vida; Você se foi em meus braços; Ainda é difícil acreditar e aceitar que amanhã irei acordar e a casa estará vazia; Vivemos por vinte anos a amizade mais intensa e sincera que pode haver; Obrigada minha estrelinha por ter existido em minha vida; Desejo que os anjos te protejam; 

Sei que um dia iremos nos reencontrar; 
Jamais te esquecerei!!!"

Karla Carloni

Estrelinha Bug Salles Andrade


01/04/96 a
23/01/2015


Bug

Querido Bug, obrigada por quase 19 anos juntos!!!
Sentimos muita a sua falta!!!!
Obrigada por tantas alegrias, companheirismo, e fidelidade!!!
AMAMOS VC!!!


Familia Salles Andrade

Estrelinha Poly


09/03/2008
05/02/2015


Poly

A cada minuto que passa,a saudade só aumenta,cada canto dessa casa tem um pedacinho seu, mas sei que agora não sente mais dor , nosso amor nunca vai acabar , mesmo longe de você, te sinto bem pertinho , te agradeço por cada segundo ao seu lado. 

Minha estrelinha mais linda

Bianca Lopes

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Estrelinha Mike Ponuco


26/06/2000
02/02/2015


Mike Ponuco

Meu filhinho!
Eu não sei onde você está agora, o que sei é que você deveria estar aqui do meu lado.
Mas foi assim... O Papai do Céu estava precisando de um cãozinho esperto como você, então ele te levou emprestado. Mike, você chegou dentro de uma caixa de sapatos e fez de mim a mãe de cachorro mais feliz e completa de todo o mundo.
Junto de nós que somos sua faumília você nos ensinou o que é superação, o que é amar sem vaidade, sem possessão. Ah me filho! Você em seus 14 aninhos sempre soube mais da vida e do amor do que qualquer ser que já conheci.
Não sei como te agradecer, não sei como te perder e não sei o que farei da minha vida sem você.
Mas ai do céu lembre-se das poucas coisas que a mamãezinha te ensinou: não lamba as patildas, não faça as necessidades no tapete de São Francisco, coma devagar e com educação, tome água, coma bordinhas de pizza sem medo de passar mal, corra, brinque, cave, faça aumigos.
Seja livre e feuliz e não esqueça nunca da sua mamis, do seu popito, do seu irmão-limão.

Nós te amamos...
Eu te amo...
Eu te amo...
Eu te amo...
Saudade para sempre...
Sua mamãezinha do cuação!!!

Roserci

Estrelinha Betinho



Betinho

Meu Betinho, virou mais uma estrelinha no paraíso dos bichinhos.

Saudades...

Leninha

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Estrelinha Athina


11/01/2015


Athina

De todos os pastores você era a mais parecida comigo, a que saía correndo pra deitar do meu lado da cama pra me esperar acordar e rosnava pra quem tentasse tirar você de lá antes que eu levantasse, a que "beliscava" todo mundo que se virava de costas pra ir atrás de mim, a que exigia carinho me dando a pata e reclamava como se tivesse engolido um apito, aquela que eu trouxe no colo dentro do carro, com 4 meses e não acreditava que era minha, tão linda, tão branca, já tomou logo um susto da labrador no primeiro dia que chegou...Você sempre foi tão fiel, lutou até o fim, espero que você não tenha sofrido e me perdoe se eu não pude te ajudar mais! Amo você demais e você vai estar sempre dentro do meu coração, nunca vou esquecer nossos anos juntas minha Tininha!

Vai com Deus! Te amo

Rose Barbosa


segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Estrelinha Brenda Faillace


02/01/2003
02/02/2015

Brenda Faillace

Amada Brenda, estamos com saudades da sua alegria e agradecemos por ter convivido conosco estes 12 anos.
Toda vez que olho para o céu te vejo entre as estrelas que brilham.

Saudades...

dos seus pais Sukita, Carlito
suas irmãs Patricia Aline , Gabrielle
seus genros Mano e Marco Aurélio
seu pequeno amigo Guilherme
sua madrinha Camila seu Padrinho Nestor ,
sua Amiga Moreca Fabiana
seu amado Vet Dr. André Bento
e seu amado esposo que sente muto sua falta 
Dylan




Eu sou sua Estrela

Quando você olhar para as estrelas a noite,
Você me verá brilhando, a estrela mais brilhante
que você puder ver
tenha certeza de que sou Eu!
Vou brilhar com toda a minha força, na esperança de
fazer o seu fardo mais leve.
Orando para que você não sofra e perceba, e com o tempo
acabará por ver que o que você fez por
mim é um libertar!
Meu corpo não pode vir quando você me chama, mais te sinto sempre perto de mim.
Nos sonhos você vai me sentir, talvez me veja,
ou um simples suspiro,
esse é o meu Amor sempre próximo.
Nas aberturas do Céu derramarei meu brilho sobre você,
para te avisar...
Quero te ver Bem!
Estou em Paz!

Brenda

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Irei para casa hoje ?



ღ Irei para casa hoje ?

A minha família trouxe-me para casa embalado nos seus braços. Abraçaram-me e sorriram para mim e disseram que eu era encantador. Brincavam e riam comigo e inundavam-me de mimos e brinquedos.

Amo a minha família, em especial as meninas e os meninos.
As crianças adoravam alimentar-me e dar-me guloseimas.
E até me deixavam dormir com eles todo enroscado nos lençóis. Costumavam ir passear comigo várias vezes ao dia. E todos eles queriam segurar a trela, digo-o com orgulho. Estas são coisas que jamais esquecerei - uma grata recordação.

Hoje vivo num canil - sem a minha família.

Eles costumavam rir e elogiar-me quando eu brincava com um velho sapato. Mas eu não sabia a diferença entre um sapato velho e um novo. Os meninos e eu brincávamos horas a fio com um pano velho ao jogo da corda. Por isso eu pensei que estava a fazer bem quando mastiguei o tapete do quarto.
E eles disseram que eu estava descontrolado e que passaria a viver lá fora. E eu não entendi apesar de ter tentado e tentado...

Os passeios foram terminando, um por um - diziam que não tinham tempo. Tomara que eu pudesse mudar as coisas, eu só queria saber qual foi o meu crime. A minha vida tornou-se tão triste e vazia, no quintal, preso a uma corrente. E eu ladrei e ladrei o dia inteiro para evitar enlouquecer.

Então trouxeram-me para este canil, demasiado embaraçados para dizer a verdade. Disseram que eu causava alergias, e assim, cada um deles despediu-se de mim. Se ao menos eu tivesse tido algumas aulas de treino enquanto era cachorro.
Eu não teria sido tão difícil de suportar quando por fim cresci.

"A ti só te falta um dia" - ouvi o empregado dizer.

Um dia? Será que isso significa que tenho uma segunda oportunidade? Irei para casa hoje?

Sandi Thompson ღ


segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Estrelinha Mel


22/12/2014


Mel

Como é triste perder um ser inocente, amigo, sincero, companheiro, leal, que nunca deu opiniões sobre minha vida, cobrou por coisas que achava que eu deveria fazer, impôs seus valores, me criticou, me julgou.

Um ser que me aguardava em casa todos os dias sempre da mesma forma carinhosa e alegre, o rabinho abanando, que nunca me desprezou ou demonstrou mau humor.

Um ser com uma sensibilidade inexplicável que parecia saber quando eu passava por problemas, conflitos, e me ensinava com seu olhar. Que tinha o poder de me ajudar a restaurar a energia que eu havia perdido no trabalho estressante. Que não guardava mágoas mesmo quando eu não dava a atenção que em alguns momentos me pedia. Um ser puramente doador.

Um ser que Deus colocou no meu caminho, que encontrei perdido na rua, que adotei e que me acompanhou por 10 curtos anos, que só deixou lembranças de uma infinidade de momentos felizes. Eu nunca soube sua idade verdadeira.

Um ser tão pequeno no tamanho mas tão grandioso na essência.

Obrigado por tudo minha querida cachorrinha Mel, minha baixinha. Você é um ser verdadeiramente divino que morreu em 22/12/14 mas estará eternamente no meu coração.

Eu fico na companhia de sua irmã Chokita também adotada, que a acompanhou ao longo desses 10 anos e que demonstra sentir muito sua ausência.


Luiz Carlos Jacobucci - Itatiba - SP


Estrelinha Billy


24/12/2014

Billy

Esse e o meu melhor amigo,ele chegou em casa tinha uns 13 anos e mudou nossas vidas era nosso bebe peludo,muito amigo,companheiro,amoroso,fiel,nossa nao tenho palavras para descrever.Ele era muito compreensivo sempre que chorava estava do meu lado,perdi ele recentemente e me doi demais eu choro quase todo dia essa saudade aperta,eu olho onde ele ficava e sinto falta tive que enfrenta sozinha essa dor Deus sabe o que aconteceu.
Meu bebe ia fazer 12 anos do meu lado,ele ja passo por tanta coisa sempre foi forte tinha asma,tinha problema na coluna,quando era novo ficou varias vezes doentinho mas gracas a Deus sempre cuidamos dele ,nunca tive nem terei um amor assim,dia 13 de dezembro de 2014 descobrimos suspeita de doenca renal fizeram exames e constatou esse problema nao tinhamos ideia o que era e o quanto e ingrata essa doenca,tinhamos esperanca e fe em Deus que ia sair dessa,tentamos o que podiamos e o que estava em nosso alcance,levamos ao veterinario na tentativa dr ajudar mas devida a idade ja corria riscos,mas mesmo assim queriamos lutar com ele pra passa tudo isso,ele ficou internado o dia eu levei ele me partia o coracao mas era para ajudar,depois precisou ficar internado 24 horas uma vez por semana chorei tanto sem ter meu bebe aqui.Mudamos sua alimentacao adequada ao problema dele mas ele nao queria o veterinario disse que seu rim estava ruim a prostata alta,mas que infezlimente em animais nao tinha como saber quantos porcento funcionava os rins por isso nao tinha fome,no ato de desespero vendo sem comer damos papinha na boca,papinha especial Deus sabe de tudo,ele teve uma leve melhora quis comer franguinho no natal estava tao lindo de blusinha esperto sabe mas depois ele pioro chegou dois dias antes do ano novo e o veterinario so abria dia 2 onde fazia tratamento ele começo entra num quadro de vomito e diarreia foi desesperador passei noite em claro so pra ver se respirava e para ajuda-lo no dia 01 ele nao tava bem pensei em levar ele num 24 hrs clinica mas para ver alguem que podia nos levar pedir sabe era em outra cidade,ai davamos soro a ele molhava a boca para manter umida e muita coisa sabe para eu escrever mas resumindo chegou dia 02 e levamos ele e a medica viu o estado dele estava com a lingua branca levamos como combinado era uma vez por semana e a ultima vez qur foi era o dia 24.12 e deixamos ele fomos visitar e pensamos com o soro podia ter algo positivo mas nao ele estava na mesma triste levantou o rabinho ao nos ver mas estava fraco e baixou minha irma o achou longe sabe cheiro forte,eu beijei a cabeca conversei com ele e mal sabia que era a ultima vez que o via em vida.
Ele olhou com aquele olhar de gratidao,despedia um brilho e ao irmos embora ele olhou para nos e disse adeus sem nos saber eu nunca vou esquecer mas juro pensavamos que ia voltar sabe tinhamos que cuidar ele precisava e ao buscar ele de manha no dia seguinte ja tinha falecido ali meu mundo caiu desabo dentro de mim meu bebe minha irma gestante a noite eu e a minha irma nao dormimos pensando e conversando sobre ele sonhamos sabe em sonhos ele veio nos avisar vi passar 2 3 4 5 sem sono angustiada coracao gritando mas infezlimente ele se foi,Deus tirou todo sofrimento dele nao sei direito como aconteceu se o rim paro ele estava debilitado e so pensar na dor que sentiu sozinho no veterinario me doi ate hoje.encontrei o site do protetor dos animais e acendo velas escrevi oracoes a ele antes de tudo isso,todo mundo sabe o amor que davamos ao bi,ele sempre foi mimado amado e querido.
Sei que Deus ajudou,e que ele esta la no ceu junto com outros animais no lugarzinho so pra eles no verde,e flores e muito amor.
Peco oracao sempre para ele e agora para os animais que sofrem algo,ou maltratos.
Ele sempre estara no meu coracao pensamentos e lembrancas de tudo que vivemos juntos quase 12 anos de muito fidelidade ao sentimento amizade e amor ele foi muito mais que um cachorrinho meu bebe peludo e eterno sempre estaremos juntos por essa ligacao de amor e amizade e tudo que e mais lindo.sempre.

Te amo muito meu bebe peludo anjinho.

Renata Rabelo Souza




Estrelinha Nega


17/01/2015


Nega

Nega, minha amiga,companheira, amor da minha vida. Nunca vamos esquecer de você meu amor, dia 17/01/2015 você nos deixou para seu descanso eterno depois de tanto sofrimento.
Você é única.

Te amo meu amor.

Ivani Gomes


Estrelinha Costelinha


11/01/2015

Costelinha "Telinha"

Quando penso que você não está mais aqui comigo...me bate uma tristeza tão profunda, um desespero infinito que só se acalma quando lembro dos nossos momentos de amor e amizade. Você me escolheu para ser sua mãe e eu sou grata, pois eu fui tão amada e amei tanto na mesma medida que costumo dizer que fui presenteada pelos céus onde hoje você com certeza está. Obrigada por tudo minha filhota, vou te amar eternamente e espero que seja possível o nosso reencontro, enquanto isso vou morrer de saudades e escutar "HEY SOUL SISTER" pra lembrar de você...Espero que o tempo me ajude a conviver com a sua ausência . 
Te amo.


Christina



domingo, 25 de janeiro de 2015

Saudades...


Saudades....

Estive junto da tua cama na noite passada em busca de uma carícia. Percebi que choravas e que não conseguia dormir.

Eu lati suavemente para ti enquanto limpavas uma lágrima:
“Sou eu, eu não te abandonei, eu estou bem, eu estou feliz, eu estou aqui”

Eu estive junto de ti durante o almoço, observei-te enquanto servias teu prato. Pensavas nas muitas vezes que estendia a mão para me oferecer do teu prato e tocava a minha cabeça.

Eu estive hoje contigo na pet shop e vi que os teus olhos se encheram de lagrimas ao olhar os filhotes me imaginado em teus braços indo para casa.

Eu estive contigo onde deixastes meu corpo quando parti, e te vi cuidar do gramado com tanto desvelo. Eu quero tanto que tu saibas que eu não estou nem nunca estive ali.

Eu caminhei hoje contigo em direção à nossa casa e, enquanto tu procuravas a chave, eu gentilmente toquei com a minha pata em ti, sorri e disse: “sou eu”.

Tu parecias tão cansada , entraste em casa e afundaste-te numa cadeira. Eu tentei tanto que tu percebesses que eu estava ali junto ... Que tu soubesses que é possível para mim estar junto de ti todos os dias. Dizer-te com toda a certeza que “eu nunca fui embora”.

Tu sentaste-te ali muito quieta, depois sorriste, eu acho que tu sabias que... na quietude dessa tarde eu estava ali, juntinho de ti.

O dia terminou… eu sorri quando te vi bocejar e disse: “ Boa-noite, Deus te abençoe, vejo-te de manhã”.

E quanto chegar a hora de tu atravessares o “ténue véu”, eu irei correr para te receber e caminharemos lado a lado. Eu tenho tantas coisas para te mostrar e há tanto para você ver.

Seja paciente, cumpra a tua jornada calmamente, estou com você, e ficaremos juntos e será para sempre!

Paz e bem

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Lucky Saudades...



Que bom ter um espaço assim para desabafar e compartilhar com as outras pessoas e com o e-mail de vocês!!!! Parabéns!!!!

No dia 10.01.15, de madrugada, (QUERO ESQUECER ESTE DIA E NÃO CONSIGO) perdi meu cachorro Lucky em questão de segundos, atropelado.

Minha colega de trabalho quiz fazer a festa de despedida de solteira lá em casa e eu disse que SIM. Só que ela falou que eu deveria prender meu cão. Eu disse SIM novamente, onde deveria ter dito NÃO, pois a casa é minha e do Lucky, se quizer é assim mesmo. Sempre cuidei do meu cão, só botava a coleira se saia com ele na rua para passear.

Qdo terminou a festa, ela quiz levar os presentes e os doces para casa e eu disse que levava ela e aproveitava para levar meu cão junto, onde deveria ter dito que o futuro marido que viesse buscá-la.
SÓ PENSEI NELA e me descuidem do Lucky, onde em questão de segundos ele veio a falecer. Fase de culpar alguém?

Todas as fases do luto e pós lutos descritas no site de vocês se encaixam perfeitamente em mim, inclusive fazendo este tributo e outros que farei. Já estou fazendo um jardim onde ele está enterrado, achei que ia demorar isto, mas está me ajudando a encarar mais a realidade.
Agora, as vezes, me volta a fase da revolta, vejo que as outras pessoas que trabalham comigo não sabem entender bem o peso enorme desta perda. Quero que elas também percam um bichinho de estimação para sentir a mesma dor e aí ver como é isto.

Eu não ia a lugar algum sem meu cão. Se ia, não via a hora de voltar. Sempre procurei levar ele junto comigo. Nunca fiz promessas e no fim de ano de 2014 ( parece que eu pressentia), prometi que eu ia cuidar dele por mais um ano e não consegui cumprir.

No site de vocês, gostaria de compartilhar com todos que sofreram também com a perda de um animal de estimação. Todos os depoimentos de encaixam uns aos outros, inclusive comigo.

ENFIM, GRATA POR ESTE ESPAÇO E QUE DEUS ME PERDOE, pois até com ele já me revoltei várias vezes.


de

Lu em homenagem a meu inesquecível
 LUCKY SANSÃO FONTANA




Estrelinha Bianca


15/12/2014

Bianca

Minha filhinha Bianca amor da minha vida

Miriam Abdalla





Estrelinha Puff


05/01/2015

Puff

Puff muito obrigado pelos seus 19 anos de dedicação a nós.
Obrigado pelas alegrias e birras q vc fazia.
Saudades de não ver mais meu branco andando o dia inteiro pela casa
Mas agora vc pode pular brincar e correr. E isso me enche de alegria.
Vc nunca será esquecido.....

Mamis...