.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! Abraços fraternos!

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS!  Abraços fraternos!
As homenagens são publicadas conforme a disponibilidade de tempo. Se ela chegar sem foto e mensagem não poderei publicar. As homenagens são publicadas conforme a ordem de chegada no e-mail.

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! ABRAÇOS FRATERNOS!

terça-feira, 27 de abril de 2010

Pedidos de Orações

Pedidos de Orações

"Quando Deus deseja nos abençoar, primeiro ele nos
move a orar, pois, só assim ambas as partes falam,
num diálogo perfeito".


"Pedi e dar-se-vos-á, buscais, e encontrareis; batei, e
abrir-se-vos-á. Pois aquele que pede, recebe; o que
busca, encontra; e ao que bate, se abre." Mateus 7:7-8


Façam seus Pedidos de Orações
Capelinha de São Francisco Memorial

domingo, 25 de abril de 2010

Lá na Ponte do Arco-Íris


Lá na Ponte do Arco-Íris

"O pequeno filhote e o cão mais velho estavam deitados à sombra,
sobre a grama verde, observando os reencontros.
Às vezes um homem, às vezes uma mulher, às vezes uma família inteira
se aproximava da Ponte do Arco-Íris, era recebida por seus animais de
estimação com muita festa e eles cruzavam juntos a ponte.

O filhotinho cutucou o cão mais velho: " Olha lá!
Tem alguma coisa maravilhosa acontecendo!"
O cão mais velho se levantou e latiu:"Rápido!
Vamos até a entrada da ponte!"

"Mas aquele não é o meu dono", choramingou o filhotinho; mas ele
obedeceu.
Milhares de animais de estimação correram em direção àquela pessoa
vestida de branco, que caminhava em direção à ponte.
Conforme aquela pessoa iluminada passava por cada animal, o animal
fazia uma reverência com a cabeça em sinal de amor e respeito.
A pessoa finalmente aproximou-se da ponte, onde foi recebida por uma
multidão de animais que lhe faziam muita festa.
Juntos, eles atravessaram a ponte e desapareceram.
O filhotinho ainda estava atônito: "Aquilo era um anjo?",
perguntou baixinho.
"Não, filho", respondeu o cão mais velho. "Aquilo não era só um anjo.
Era uma pessoa que trabalhava em um abrigo de animais.""


"No coração de cada animal abandonado mora o desejo de ser amado!
autor desconhecido"

sábado, 24 de abril de 2010

Estrelinha Victor



Victor

Você deixou muita saudades...,
obrigada pelo seu carinho...
seu amor incondicional...
Esteja onde estiver, leva meu amor...

Sonia Regina

Estrelinhas Lucky.Sunny,Valente e Joey





Lucky.Sunny,Valente e Joey


Meus queridos que partiram
Peço que estejam sempre iluminados
pois ainda deixam saudades,
Lucky, Sunny, Valente e Joey.
Fiquem em paz.
Amo vocês pra sempre


CHRIS KISS


Estrelinha Hulk




Hulk

Nascido há 17 anos - 1993 - tratado que nem criaça,
o nome dele é Hulk.
Nosso cão de confiança.
Foi dado a Rafael, Terezinha o arranjou, mas Hulk amou Alex,
como pai  o adotou.
É tratado a Pão de Ló, com cuidado e muito Amor!
E ele a tudo agradece, lambe a gente com calor!
Com os meninos ele dorme, cabeça no travesseiro!
Que nem gente!
Mas se não tirar cuidado.
na cara de um põe o travesseiro.
Quando todos vão à rua, Hulk não acha lugar!
Chora uiva o coitadinho,
andando de lá pra cá!
Alex chega a noitinha,
ele pula de alegria, late, corre, fica assim,
todo doidinho.
É pequeno, raça mista
Pra cima é o rabinho
tem as perninhas tortinhas,
por nós tem muito carinho,
cor marrom, olhar de gente,
Assim é o nosso cãozinho!

UM DIA NOS ENCONTRAREMOS DE NOVO
OBRIGADA
HULK SIMÕES DE ANDRADE!

Alex Fabiano


(TEXTO : Reinilde Simões de Andrade).

Amamos você, Papai Alex, Mamãe Reinilde, Titios,
Fabiano, Lilian, , Rafael, Reinice e Terezinha.


sexta-feira, 23 de abril de 2010

Oração a São Jorge

Oração a São Jorge



Ó Deus onipotente
Que nos protegeis
Pelos méritos e as bênçãos
De São Jorge.
Fazei que este grande Mártir,
Com sua couraça,
Sua espada,
E seu escudo,
Que representam a fé,
A esperança,
E a inteligência,
Ilumine os nossos caminhos...
Fortaleça o nosso ânimo...
Nas lutas da vida.
Dê firmeza
À nossa vontade,
Contra as tramas do maligno,
Para que,
Vencendo na terra,
Como São Jorge venceu,
Possamos triunfar no céu
Convosco,
E participar
Das eternas alegrias.
Amém!


Salve Santo Guerreiro
nosso São Jorge!

Estrelinha Cindy




†10/11/2009

CINDY

"Se as lágrimas construissem degraus
E a dor do coração construisse um caminho
Eu caminharia até ao céu
Só pra te trazer de volta para mim!"

Minha Cindy se foi há 5 meses e 13 dias
e deixou um vazio enorme...
Foram 12 anos de muito amor, e muito carinho.
Cindy, sinto tanto sua falta...
Um dia nos reencotraremos,
Te amo pra SEMPRE!


                                                                            ♥ღ Fabiana
                                               

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Os animais têm alma?


Os animais têm alma?

O que acontece com os animais no mundo espiritual?


Os animais reencarnam?


Muitos duvidam da existência da alma nos animais, achando que apenas o homem a possui. Outros, entretanto, afirmam que eles não só têm alma, como esta é igual à do homem. Entendendo-se como alma a parte imaterial do ser, o espírito, os animais a possuem sim e esse princípio independente da matéria sobrevive ao corpo físico.

Nesse propósito, temos em O Livro dos Espíritos a seguinte explicação: “É, porém, inferior à do homem. Há entre a alma dos animais e a do homem distância equivalente à que medeia entre a alma do homem e de Deus”. Na mesma obra, encontramos também um esclarecimento muito importante para o assunto em pauta: “Após a morte, conserva a alma dos animais a sua individualidade e a consciência de si mesma? Conserva a sua individualidade; quanto à consciência do seu eu, não. A vida inteligente lhe permanece latente”.

No livro Os Animais têm Alma?, Ernesto Bozzano, conhecido filósofo e metapsiquista italiano, apresenta 130 casos de materializações de animais, visão e identificação de espíritos de animais mortos, alucinações telepáticas percebidas ao mesmo tempo pelo animal e pelo homem, bem como várias aparições de animais sob forma simbólico-premonitória. Cada caso é devidamente documentado e os comentários, apresentados com suas respectivas conclusões, são de difícil contestação.

A psique animal
A respeito de sua obra, Bozzano afirma: “Ela consiste em um primeiro ensaio para demonstrar, por um método científico, a sobrevivência da psique animal. É preciso voltarmos ao nosso assunto e concluirmos salientando que a existência de faculdades supranormais na subconsciência animal, existência suficientemente comprovada pelos casos que expusemos, constitui uma boa prova em favor da psique animal. Para o homem, deve-se inferir que as faculdades em questão representam, em sua subconsciência, os sentidos espirituais pré-formados esperando se exercerem em um meio espiritual (como as faculdades dos sentidos estavam pré-formadas no embrião esperando se exercerem no meio terrestre). Se assim é, como as mesmas faculdades se encontram na subconsciência animal, deve-se inferir daí, logicamente, que os animais possuem, por sua vez, um espírito que sobrevive à morte do corpo”.

Em Nosso Lar, de André Luiz, encontramos um trecho que dá conta da existência de animais no plano astral: “Seis grandes carros formato diligência, precedidos de matilhas de cães alegres e barulhentos, eram tirados por animais que, mesmo de longe, me pareceram iguais aos muares terrestres. Mas a nota mais interessante era os grandes bandos de aves, de corpo volumoso, que voavam a curta distância, acima dos carros, produzindo ruídos singulares”.
O que estariam fazendo esses animais que acompanhavam a caravana dos samaritanos, constituída por espíritos abnegados que iam até o umbral buscar enfermos para serem tratados nas “câmaras de retificação”? Colaborando. Os cães facilitavam a penetração nas regiões obscuras e afastavam seres monstruosos, os muares puxavam cargas e forneciam calor onde necessário e as aves devoravam as formas mentais odientas e perversas.

O pai da médium Yvonne A. Pereira, por meio de mensagem psicografada por ela, enviou um importante contributo para o nosso assunto. Ao desencarnar, ele foi levado para uma cidade pequena, sossegada, apropriada para convalescentes. Ao despertar, após três dias de seu decesso, encontrava-se só em uma varanda orlada de trepadeiras floridas. “O único rumor partia do orquestrar longínquo de uns pássaros, verdadeira melodia que ressoava aos meus ouvidos com delicadeza e ternura”, disse.

Cuidar dos animais
No livro O Consolador, Emmanuel esclarece quanto à missão que os humanos têm com relação aos nossos irmãos menores, que são os animais: “Sem dúvida, também a zoologia merece o zelo da esfera invisível, mas é indispensável considerarmos a utilidade de uma advertência aos homens, convidando-os a examinar detidamente seus laços de parentesco com os animais dentro das linhas evolutivas, sendo justo que procurem colocar os seres inferiores da vida planetária sob seu cuidado amigo. Os reinos da natureza, aliás, são o campo de operação e trabalho dos homens, sendo razoável considerá-los mais sob a sua responsabilidade direta que propriamente dos espíritos, razão porque responderão perante as leis divinas pelo que fizerem em consciência com os patrimônios da natureza terrestre”.

Sábia advertência, felizes os que a escutarem. Nosso carinho e solidariedade devem se estender aos seres que, mesmo estando abaixo de nós na escala evolutiva, são capazes de nos servir e amar. Necessitamos deles como eles necessitam de nós. E nessa troca de trabalhos e afetividade, todos ganham.




Artigo publicado na edição 15 da Revista Cristã de Espiritismo.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Amor além da vida

Amor além da vida

Quero compartilhar com você uma linda declaração de amor. E lhe dizer para que sempre deixe que seu Coração lhe traga apenas a verdadeira emoção. Pratique o amor junto a seus afetos queridos e isso poderá ser para sempre valiosa lembrança, recordação prazerosa de momentos compartilhados com carinho. Não se prive, e aos seus entes queridos, desse que é o mais sublime sentimento que pode ser expressado por todos nós!
Apenas quero dizer: “Eu te amo"
Embora agora esteja um pouco tarde, sinto que não posso ter a tua doce presença junto a mim e à nossa família, que com tanto amor e carinho construímos nesta etapa...
Não mais posso ver teu rosto, expressando a tua felicidade...
Não mais posso ver teu sorriso, em tua delicada face...
Não mais posso enxugar tuas lágrimas, em teus momentos de tristeza...
Que saudades!
Tantas alegrias me fizeste sentir, desde o momento em que nossos caminhos se cruzaram. Quanta felicidade me proporcionaste, por você estares ao meu lado.
Tua dedicação a mim e aos nossos filhos, deixando de lado muitos momentos únicos em tua vida, apenas para poder estares junto a nós.
Quanto amor nos deste...
Teus lábios, que eu beijava e sentia que tudo ao meu redor parar;
Transformávamo-nos em um só ser... Um mundo só nosso.
Que sentimentos maravilhosos pudemos sentir!...
Mas os anos passaram e o tempo se fez presente e nos consumiu...
Vidas de amor, ternura e união. Tanto me destes. Junto a mim te dedicaste com amor.
Em momento algum de minha vida senti tanta falta do que fosse, como sinto a tua ausência... Como sinto falta de teu abraço afetuoso, a me acariciar e me fazer sentir amado.
A vida caminha e sua trajetória se faz, nos trazendo o término de nossa breve estada nesta vida!
Tu te foste...
Retornaste ao nosso verdadeiro lar espiritual, levando contigo o meu eterno amor. Mas deixando florido o mais lindo jardim que cultivamos pelos caminhos que juntos percorremos com tanto sentimento...
Tantos momentos que se tornaram doces lembranças, presentes eternos em minha memória...
Hoje segues tua jornada em outra dimensão, mas ainda sinto teus braços me envolverem a cada momento em que o sentimento toca meu Coração
E me entrego em pensamentos a ti...
Posso sentir tua emoção. Sentir tua presença junto a mim, a me consolar, enxugando minhas lágrimas, que teimam em derramar-se de meus olhos.
É essa a imensidão do amor, que vai além desta vida e que nos acompanhará para todo o sempre.
Em momento algum deixarei de expressar tudo o que sinto por ti. Meu amor puro e verdadeiro.
Mesmo hoje, estando distante de teu corpo físico, sinto-a como se estivesses aqui comigo...
Sei que em certos momentos deixei de te falar do meu amor. Mas jamais deixei de senti-lo, desde o primeiro instante em que te vi.
Também não deixei de pensar em ti a cada instante que passou após a tua partida.
Agora, apenas gostaria que soubesses que, mesmo que já não faças parte deste plano em que vivo, continuo a sentir por ti tudo o que sempre senti. E ainda mais, com mais força, como mais dedicação.
Agora, apenas quero dizer: “Eu te amo!”
Jamais devemos deixar de expressar nosso amor àqueles com quem caminhamos por esta vida, nossos verdadeiros afetos, que compartilham conosco nossos dias.
Nada nos custa expressar nossos sentimentos aos que amamos de verdade: nossos pais, avós, irmãos, cônjuges, filhos e amigos. Em especial a nossos filhos, que se projetam na vida através de nossos atos, que são a verdadeira extensão e continuação do mais verdadeiro amor que vivemos ao lado de nosso companheiro ou companheira.
Não sabemos até quando Deus-Pai nos dará o privilégio dessa convivência. Então, por que não revelar e deixar fluir nossos verdadeiros sentimentos de amor, se sabemos que nada é eterno nesta vida, que nada é para sempre nesta jornada? Por que nos privarmos dessas alegrias que amenizam nossos sofrimentos e que nos fazem tão bem? Por que adiar verdadeiros atos de ternura, dedicados àqueles que tanto amamos? Por que não praticar desde já o nosso amor e fazer a nossa parte, para que na hora da despedida temporária não nos sintamos sofredores por nossa própria culpa, por não ter deixado aflorar o verdadeiro elo de amor que existe entre nós?
Nossa vida terrena é breve. Mas somos eternos em espírito. Os vínculos de amor e a expressão de sentimentos verdadeiros se eternizam pela beleza dos gestos que praticamos.
Vamos construir a felicidade através do maior e mais valioso sentimento deixado pelo nosso mestre Jesus: o Amor!





Texto psicografado por Márcio Godofredo, ditado por Alfred Voltaire

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Oração de um cão abandonado



"Oração de um cão abandonado"


Sabe "Senhor", só agora eu, entendi porque meu dono me trouxe à praça naquele, dia. Não foi para passear como eu pensei, ele não tinha esse hábito, mas mesmo assim fiquei contente.


Logo que chegamos, ele me deu as costas e apressado entrou no carro, sem ao menos me dizer adeus. Olhei para os lados, sem saber o que fazer.


Tentei segui-lo e quase fui atropelado. O que eu fiz de tão mau ?
À noite, quando ele chegava, eu latia, mas é porque havia estranhos no portão e não podia deixa-los entrar sem a permissão do meu dono. Quem sabe foi minha dona que mandou, talvez eu lhe desse trabalho. Mas as crianças, elas me adoravam. Como sinto saudades ! Puxavam-me a cauda e eu virava uma fera, mas logo passava. Talvez eles nem saibam, devem ter dito que eu fugi.



Estou faminto, só bebo água suja, e todos me desprezam. Estou magro, feio e doente. Sabe "Senhor", neste cantinho que arrumei para passar a noite, sinto muito frio, o chão esta úmido e frio, e quase não tenho pêlos. Creio que vou me encontrar contigo ai no céu, meu sofrimento vai terminar e mesmo em espírito, sei que vou ter a tua permissão para rever as crianças.
Peço-te então, não mais por mim, mas pelos meus irmãos abandonados.



Ajuda-os a encontrar um lar onde possam viver com um pouco de dignidade.


Ameniza-lhes a sede com tua bondade. Elimina o sofrimento de suas chagas, ocasionadas pela ignorância e a insensibilidade do coração do homem. Tira o medo e a dor dos que forem sacrificados em nome de estratégias sanitárias, posturas políticas, científicas, esportivas e outras.


Recebe, ó "Pai", nesta noite gélida, a minha alma, pois não será mais meu sofrimento, mas dos que ficarem, por eles é que te peço.


"Obrigado meu "Deus", pelos momentos de felicidade que eu tive !"
(Dedicada a todas as pessoas que "ainda" não aprenderam a respeitar e a amar os animais)


Mire-se nos animais e veja como eles
necessitam de tão pouco para viver.


Oração de autor desconhecido.

domingo, 11 de abril de 2010

Amigo Cão


AMIGO CÃO

"Teu melhor amigo é um ser vivente

Que te considera mesmo sem dinheiro.

É um ser que sabe o que sempre sentes,

pois somente ele é amigo verdadeiro.

Teu melhor amigo não é o teu irmão,

não é aquele que te trata bem,

não é aquele que te dá a mão,

nem é o padre que te diz amém.

Teu melhor amigo não é o teu dinheiro,

que demonstra apenas o que tu és,

não é quem finge ser tão verdadeiro,

quando tu tens o mundo a teus pés.

Teu melhor amigo nunca te engana,

mesmo que tu enganes o mundo,

seja por um instante, hora ou semana,

ele te dá sempre amor profundo.

Se ainda não tens teu melhor amigo,

de quem te falo com tanta emoção,

Vou te confessar um segredo antigo:

Teu melhor amigo é e será: O CÃO!"

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Simplesmente Gatos

Simplesmente Gatos
                                        Arthur da Távola

"Bichos polêmicos sem o querer, porque sábios, mas inquietantes, talvez por isso...nada é mais incômodo que o silencioso bastar-se dos gatos. O só pedir a quem amam. O só amar a quem os merece.
O homem quer o bicho espojado, submisso, cheio de súplica, temor, reverência, obediência. O gato não satisfaz as necessidades doentias do amor. Só as saudáveis.
Lembrei, então, de dizer, dos gatos, o que a observação de alguns anos me deu.
Quem sabe, talvez, ocorra o milagre de iluminar um coração a eles fechado?
Quem sabe, entendendo-os melhor, estabelece-se um grau de compreensão, uma possibilidade de luz e vida onde há ódio e temor? Quem sabe São Francisco de Assis não está por trás do Mago Merlin, soprando-me o artigo?
Já viu gato amestrado, de chapeuzinho ridículo, obedecendo às ordens de um pilantra que vive às custas dele? Não! Até o bondoso elefante veste saiote e dança a valsa no circo. O leal cachorro no fundo compreende as agruras do dono e faz a gentileza de ganhar a vida por ele. O leão e o tigre se amesquinham na jaula.
Gato não. Ele só aceita uma relação de independência e afeto. E como não cede ao homem, mesmo quando dele dependente, é chamado de arrogante, egoísta, safado, espertalhão ou falso.
"Falso", porque não aceita a nossa falsidade com ele e só admite afeto com troca e respeito pela individualidade. O gato não gosta de alguém porque precisa gostar para se sentir melhor. Ele gosta pelo amor que lhe é próprio, que é dele e ele o dá se quiser.
O gato devolve ao homem a exata medida da relação que dele parte. Sábio e espelho. O gato é zen. O gato é Tao. Ele conhece o segredo da não-ação que não é inação. Nada pede a quem não o quer.
Exigente com quem ama, mas só depois de muito certificar-se. Não pede amor, mas se lhe dá, então ele exige.
Sim, o gato não pede amor. Nem depende dele. Mas, quando o sente é capaz de amar muito. Discretamente, porém sem derramar-se. O gato é um italiano educado na Inglaterra. Sente como um italiano mas se comporta como um lorde inglês.
Quem não se relaciona bem com o próprio inconsciente não transa o gato. Ele aparece, então, como ameaça, porque representa essa relação precária do homem com o (próprio) mistério. O gato não se relaciona com a aparência do homem. Ele vê além, por dentro e pelo avesso. Relaciona-se com a essência.
Se o gesto de carinho é medroso ou substitui inaceitáveis (mas existentes) impulsos secretos de agressão, o gato sabe. E se defende do afago. A relação dele é com o que está oculto, guardado e nem nós queremos, sabemos ou podemos ver. Por isso, quando surge nele um ato de entrega, de subida no colo ou manifestação de afeto, é algo muito verdadeiro, que não pode ser desdenhado. É um gesto de confiança que honra quem o recebe, pois significa um julgamento.
O homem não sabe ver o gato, mas o gato sabe ver o homem. Se há desarmonia real ou latente, o gato sente. Se há solidão, ele sabe e atenua como pode (ele que enfrenta a própria solidão de maneira muito mais valente que nós). Se há pessoas agressivas em torno ou carregadas de maus fluidos, ele se afasta.
Nada diz, não reclama. Afasta-se. Quem não o sabe "ler" pensa que "ele não está ali. Presente ou ausente, ele ensina e manifesta algo. Perto ou longe, olhando ou fingindo não ver, ele está comunicando códigos que nem sempre (ou quase nunca) sabemos traduzir.
O gato vê mais e vê dentro e além de nós. Relaciona-se com fluidos, auras, fantasmas amigos e opressores. O gato é médium, bruxo, alquimista e parapsicólogo. É uma chance de meditação permanente a nosso lado, a ensinar paciência, atenção, silêncio e mistério. O gato é um monge portátil à disposição de quem o saiba perceber.
Monge, sim, refinado, silencioso, meditativo e sábio monge, a nos devolver as perguntas medrosas esperando que encontremos o caminho na sua busca, em vez de o querer preparado, já conhecido e trilhado. O gato sempre responde com uma nova questão, remetendo-nos à pesquisa permanente do real, à busca incessante, à certeza de que cada segundo contém a possibilidade de criatividade e de novas inter-relações, infinitas, entre as coisas.
O gato é uma lição diária de afeto verdadeiro e fiel. Suas manifestações são íntimas e profundas. Exigem recolhimento, entrega, atenção. Desatentos não agradam os gatos. Bulhosos os irritam. Tudo o que precise de promoção ou explicação, quer afirmação. Vive do verdadeiro e não se ilude com aparências. Ninguém em toda natureza aprendeu a bastar-se (até na higiene) a si mesmo como o gato!
Lição de sono e de musculação, o gato nos ensina todas as posições de respiração ioga. Ensina a dormir com entrega total e diluição recuperante no Cosmos. Ensina a espreguiçar-se com a massagem mais completa em todos em todos os músculos, preparando-os para a ação imediata. Se os preparadores físicos aprendessem o aquecimento do gato, os jogadores reservas não levariam tanto tempo ( quase 15 minutos) se aquecendo para entrar em campo.
O gato sai do sono para o máximo de ação, tensão e elasticidade num segundo. Conhece o desempenho preciso e milimétrico de cada parte do seu corpo, a qual ama e preserva como a um templo.
Lição de saúde sexual e sensualidade. Lição de envolvimento amoroso com dedicação integral de vários dias. Lição de organização familiar e de definição de espaço próprio e território pessoal. Lição de anatomia, equilíbrio, desempenho muscular. Lição de salto. Lição de silêncio.Lição de descanso. Lição de introversão. Lição de contato com o mistério, com o escuro, com a sombra. Lição de religiosidade sem ícones.
Lição de alimentação e requinte. Lição de bom gosto e senso de oportunidade. Lição de vida, enfim, a mais completa, diária, silenciosa, educada, sem cobranças, sem veemências, sem exigências.
O gato é uma chance de interiorização e sabedoria posta pelo mistério à disposição do homem."

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Oração de Páscoa


Oração de Páscoa

Páscoa significa renascimento, renascer.
Desejo que neste dia, em que nós cristãos,
comemoramos o seu renascimento para a vida eterna,
possamos renascer também em nossos corações.
Que neste momento tão especial de reflexão
possamos lembrar daqueles que estão aflitos e sem esperanças.
Possamos fazer uma prece por aqueles que já não o fazem mais,
porque perderam a fé em um novo recomeçar,
pois esqueceram que a vida é um eterno ressurgir.
Não nos deixe esquecer
que mesmo nos momentos mais difíceis do nosso caminho,
tú estás conosco em nossos corações,
porque mesmo que já tenhamos esquecido de ti,
você jamais o faz.
Pois, padeceste o martírio da cruz em nome do Pai
e pela humanidade,
que muitas e muitas vezes esquece disso.
Esquecem de ti e do teu sacrificio
Quando agridem seu irmão,
Quando ignoram aqueles que passam fome,
Quando ignoram os que sofrem a dor da perda e da separação,
Quando usam a força do poder para dominar e maltratar o próximo,
Quando não lembram que uma palavra de carinho, um sorriso,
um afago, um gesto podem fazer o mundo melhor.
Jesus...
Conceda-me a graça de ser menos egoísta,
e mais solidário para com aqueles que precisam.
Que jamais esqueça de ti e de que sempre estarás comigo
não importa quão difícil seja meu caminhar.
Obrigado Senhor,
Pelo muito que tenho e pelo pouco que possa vir a ter.
Por minha vida e por minha alma imortal.
Obrigado Senhor! 
Amém.

FELIZ PÁSCOA

Capelinha de São Francisco
Comunidade e Memorial