.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! Abraços fraternos!

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS!  Abraços fraternos!
As homenagens são publicadas conforme a disponibilidade de tempo. Se ela chegar sem foto e mensagem não poderei publicar. As homenagens são publicadas conforme a ordem de chegada no e-mail.

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! ABRAÇOS FRATERNOS!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

A Lenda das Velas de Natal




"A LENDA DAS VELAS DE NATAL"

Uma lenda antiga, austríaca, nos fala de um pobre sapateiro que vivia na
encruzilhada de um caminho, nos arrebaldes de uma cidade. Pensando
em ajudar os viajantes que à noite passavam por ali, mantinha, na janela
de sua casa, uma vela acesa todas as noites. Vivia só, mas se sentia como
a criatura mais feliz daquele lugar.
Veio uma grande guerra e os jovens tiveram que partir para o campo de luta.
Sem braços fortes para o trabalho, a cidade foi ficando cada vez mais pobre.
Mesmo assim, lá estava a velinha do sapateiro todas as noites.
- Quem sabe, pensavam, é aquela velinha acesa, o segredo da felicidade desse homem.
Resolveram, então, imitá-lo. Todos acenderam naquela noite a sua vela.
Era véspera de Natal, e, em todas as casas, havia uma vela acesa na janela.
À meia-noite, os sinos das igrejas começaram a tocar, anunciando a boa notícia:
a guerra terminara!
- Um milagre!diziam todos. É o milagre das velas acesas!
Assim, todos os anos acendiam velas na véspera de Natal...e o costume
se espalhou...
Mas, a grande Luz que anuncia a verdadeira paz é Jesus. Ele diz:
"Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida."
(João 8.12)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna!

Nosso pedacinho do céu...