.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! Abraços fraternos!

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS!  Abraços fraternos!
As homenagens são publicadas conforme a disponibilidade de tempo. Se ela chegar sem foto e mensagem não poderei publicar. As homenagens são publicadas conforme a ordem de chegada no e-mail.

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! ABRAÇOS FRATERNOS!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

A coleira está vazia

A coleira está vazia



Não existe nada mais triste que uma coleira vazia.



Uma coleira vazia pode significar muitas coisas, pode significar que o cachorro está solto, está dormindo, ou está no canil...


Pode significar que o cachorro é tão obediente, que não precise mais dela...


Pode significar simplesmente que não estamos mais com vontade de fazer uso dela...


Pode significar tudo isso ou nada disso.


Hoje, a coleira do Misty está vazia.


E por mais que eu saiba que isso é o melhor que poderia acontecer neste momento, não existe nada mais triste que ver essa coleira vazia.


Confesso que durante esses 4 anos, usamos muito pouco essa coleira como deveríamos, mas não interessa, ela sempre estava lá, entre a gente, ora arrastada pela boca dele, ora enrolada na minha mão, sem função nenhuma...


Hoje, até ela parecia estar diferente... largada no banco do carro... como muitas outras vezes também esteve quando íamos passear... nessas ocasões, a ordem era sempre a mesma: ela no banco da frente e ele deitadão no banco de trás.


Hoje, ela estava só... no banco da frente. Não tinha Misty no banco de trás.


Quando uma pessoa morre, nos conforta lembrar das coisas boas e ruins que passamos por causa dela. As coisas boas enaltecem ainda mais a grande pessoa que nos deixa, mas as ruins, estas parecem tomar tamanhos maiores do que realmente são, para acalentar nossos corações... como que para justificar a perda.


Quando morre um cachorro, um cachorro como o Misty, morre um pedaço da gente junto. Pois, não há nesse mundo, um ser que tenha querido me fazer mais feliz que ele... devo até não ter correspondido a todas as lambidas, pinotes e pulos que meu "carneirinho" dava... mas, ele nunca fez nada disso esperando reciprocidade. Fazia porque queria. Fazia porque se sentia bem. E acima de tudo, fazia porque era feliz. Não fazia média. Nunca mentia.


Não existe nada mais triste que essa coleira vazia.
Essa vida é mesmo engraçada. Ontem, a coleira não era nada.Hoje, significa tudo que tenho.
O Misty está livre. Sem dor. Correndo como um louco, como sempre.
Nunca tinha ficado triste por ver a coleira dele vazia.
Coleria vazia, para mim, sempre foi sinônimo de cachorro solto...


Hoje, vejo que ela pode significar muito mais que isso.
Uma coleira vazia pode significar muitas coisas: que o cachorro está solto, está dormindo, ou está no canil...
Pode significar que o cachorro é tão obediente, que não precise mais dela...
Pode significar simplesmente que não estamos mais com vontade de fazer uso dela...
Para nós, Misty e eu, na maioria das vezes, sempre significou tudo isso.
E hoje não é nada disso.
Porque hoje, a coleira do Misty está vazia e ele não está aqui.



O texto " A coleira está vazia" foi escrito por Fabiana Russi em sua tristeza e em sua dor. Uma homenagem póstuma ao MYSTERY/Misty. Lindo texto, linda homenagem que repasso ao amigos.
Fonte : http://www.australianshepherd.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna!

Nosso pedacinho do céu...