.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.

.

ღ As homenagens serão publicadas conforme minha disponibilidade. Abraços fraternos!

ღ As homenagens serão publicadas conforme minha disponibilidade. Abraços fraternos!
As homenagens são publicadas conforme a disponibilidade de tempo. Se ela chegar sem foto e mensagem não poderei publicar. As homenagens são publicadas conforme a ordem de chegada no e-mail.

.

.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Estrelinha Bebee Kramer Montresor



Toda Manhã Brilha O Sol
Meu Pai, minha Mãe e minha Mana

quero que vocês não chorem mais
quando eu seguir embora
não pense que eu possa esquece-los
tenho que seguir agora
quero que vocês não sofram mais
quando eu partir agora
sei que o tempo logo vai passar
juro que estarei pensando em vocês

toda manhã brilha o sol
mesmo que vocês não vejam
a brisa do meu amor
que envolve toda certeza
ficaremos juntos de novo
toda manhã brilha
toda manhã brilha o sol

quero que vocês não sofram mais

...ficaremos juntos de novo
toda manhã brilha
toda manhã brilha o sol
eu os vejo

toda manhã brilha
toda manhã brilha o sol

estarei brilhando em vocês... Sempre!

Bebee Montresor




" Um cachorrinho foi passear
Além das montanhas
Para brincar
A mamãe gritou: Au, au, au au
Mas o cachorrinho não voltou de lá."
Que dor...
Que falta vc nos faz filha...
Como amamos vc ... venha nos ver!!!

Papito e Mamita e Deza ♥ ♥ ♥




"Cheirinho, gostoso, cadê cadê você?
cheirinho, gostoso, ta aqui ta aqui te achei!
espuma, perfuma, spray, gostei!
cheirinho gostoso, dia inteiro, agarradinho em mim…"

Mais um dia ... tá difícil sem vc meu amorzinho de mãe...





Perder...

Não existem palavras, línguas, gestos ou mesmo pensamentos que possam expressar a dor da perda. Ela é tão profundamente dolorida e fere a alma com esmero desmedido, cortando lenta e dolorosamente com o lado cego da faca.

A dor é fenomenal, incrivelmente dor, extraordinariamente dor, fatalmente dor.
É dor, dor, dor, somente dor.
E não cede, não acalma, não dá trégua. E a alma se contorce, revolve, chora, berra e geme em lamentos surdos, que tomam o corpo, que fazem cambalear e entontecer o espírito.

A dor da perda não tem som, não tem voz, e invade o âmago do ser silenciosa e cruelmente fazendo doer e adoecer o corpo. Massacra a alma a tal ponto de tudo ao redor perder o sentido. Tudo. Tudo perder o sentido e o brilho da vida.

Os olhos olham mas nada vêem, os ouvidos ouvem sem nada ouvir, os braços caem sem sentir qualquer amparo, qualquer sussurro de compreenssão, de entendimento. Somente o gosto do sangue da dor é percebido no fundo do coração que sangra, falece e se afunda no fundo da terra, do pó.

E tudo vira dor profunda e cortante como o fio de uma navalha. Os sentidos perdem a razão de ser. Robotizamos o corpo e caminhamos, perdidos e anestesiados de lá prá cá, de cá prá lá, desnorteados, confundidos, atordoados e completamente perdidos de nós mesmos. Esquecidos de tudo e de todos, menos da dor que rasga, dói e arranha o coração até o sangue jorrar em lágrimas profusas e gritos inaudíveis.

Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto quem a sente.


Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, doem. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é saudade.
Saudade de um irmão que mora longe. Saudade de uma cachoeira da infância. Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. Saudade de uma cidade. Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos. Doem essas saudades todas.

Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. Saudade do pelo, do cheiro, dos beijos. Saudade da presença, e até da ausência. Podemos ficar na sala e ela no quarto, sem se verem, mas sabiam-se estava lá.

Saudade é não saber. Não saber mais se ela continua brincando. Não saber mais se ela continua se alimentando. Não saber se ela ainda esconde o focinho pra dormir. Não saber se ela dorme aconchegada no macio. Não saber se ela tem comido frango desfiado, se ela limpa a fuça no sofá, se ela quando faz xixi limpa a florzinha, se escuta sua musica no banho "Cheirinho, gostoso, cadê cadê você?" ,se ela bebe água gelada, se ela continua sorrindo com o rabinho quando se chega, se ela continua dando beijinhos molhados, se ela continua nos amando.

Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de um objeto, uma foto, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer só saber. Não só querer saber se ela está bem, se ela está feliz, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais ver quem se ama, e ainda assim, esperar ver.

"Tô com saudade de tu, meu bombonzinho...
Tô com saudade do beijo mel
Do teu olhar carinhoso
Do teu abraço gostoso
De passear no teu céu
É tão difícil ficar sem você
O teu amor é gostoso demais"





É filha...
chegou esse dia... como temia!
Foi para o céu alegrar a Deus,
E aqui nós ficamos procurando como seguir.

Agora as lágrimas desforram nossos olhos,
E os coração sente muita dor,
Mas é que realmente uma grande parte de nos se foi, mas levando muito Amor.

Se você se foi resta-nos pensar assim,
Que devemos lembrar de todas as alegrias,
Que nos trouxe, nosso grandioso presente de Deus,

Você sempre esperava um afago,
E ao final do dia viesse te pegar, te preparar, te aconchegar e dormir.
Deitada sempre junto a nos escutar.

Sei que você nos leva...
Mas muito você deixou.

Temos um Amor que vai além da vida após a vida!

Amamos você Bombonzinho de chocolate com morango.

Papai Reinaldo, Mamãe Rejane e Mana Carolina

Meu São Francisco amado, minha filha adora um colo... à mantenha em seu braços!





Senhor eu peço

Querido Senhor, por favor, abra seus portões e chama São Francisco para vir acompanhar minha Bebee amada através da Ponte do Arco-Íris.
Atribuir-lhe um lugar de honra, pois ela tem sido um servo fiel e sempre fez o seu melhor para nos agradar.
Dá-nos a força para não debruçarmos sobre a nossa perda.
Ajude-nos a lembrar dos detalhes de sua vida com o amor que ela nos mostrou. E concede-nos a coragem para homenageá-la por compartilhar essas memórias com os outros.
Deixe-a lembrar de nós e saber que vamos sempre amá-la. E quando for a nossa vez de passar para o seu paraíso, por favor, permita que ela vá junto acompanhando aqueles que vão nos levar para casa.
Obrigado, Senhor, por nos ter dado sua companhia e pelo tempo que passamos juntos.
E obrigado, Senhor, por nos conceder a força para devolvê-la a você agora.

Muito obrigada Senhor!


12 comentários:

  1. Nessa vida conheci o verdadeiro amor.... Minha amada filha Beebe.

    Papito te ama muito.

    ResponderExcluir
  2. Reinaldo Montresor20 de maio de 2015 11:26

    Nessa vida conheci o verdadeiro amor.... Minha amada filha Beebe.

    Papito te ama muito

    ResponderExcluir
  3. Segue na Paz Bebee nos braços de São Francisco...e pede a Ele que console o coração de sua familia terrestre até o dia que vocês se encontrarem na Ponte do Arco Iris;e nesse dia haverá uma grande festa no Céu e vocês nunca mais ficarão separados.
    Beijos saudosos da tia Celeste e dos amiguinhos People e Brigadeiro.

    ResponderExcluir
  4. Bebee querida,quando encontrar com a Perlinha aí na Ponte do Arco Iris ,diz a ela que tambem sentimos muitas saudades dela , brinquem e pulem muito juntos;estejam sempre na Paz.
    Beijinhos da Tia Celeste Bastos
    Beijo da tia Celeste.

    ResponderExcluir
  5. Rejane Montresor22 de maio de 2015 00:55

    Saudades.... Que falta vc faz filha...

    ResponderExcluir
  6. Rejane Montresor24 de maio de 2015 18:32

    Saudades minha princesa... Não esquece da mãe tá!!!
    Te amo! Vou te amar sempre!

    ResponderExcluir
  7. Amor da minha vida, que falta vc faz... uma ausência tão cheia de presença... Papito manda xeros na barriguda mana sente sua falta... e manda um monte de lambidas. Mãe te manda muitos xeros e muitos colinhos. Te amo muito filha!

    ResponderExcluir
  8. Rejane Montresor31 de maio de 2015 17:16

    Mãe sentiu tua presença filha! Obrigada por avisar a mãe que vc está bem! Obrigada meu Santinho amado! Te amo meu bombonzinho! Xeros

    ResponderExcluir

Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna!

Nosso pedacinho do céu...