.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! Abraços fraternos!

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS!  Abraços fraternos!
As homenagens são publicadas conforme a disponibilidade de tempo. Se ela chegar sem foto e mensagem não poderei publicar. As homenagens são publicadas conforme a ordem de chegada no e-mail.

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! ABRAÇOS FRATERNOS!

sábado, 28 de agosto de 2010

Da morte do cão (ou a liberdade é opaca)




Da morte do cão (ou a liberdade é opaca)

Ainda lembro quando aqui chegaste
Pequena porção de carne e pêlos
De olhos úmidos e choro mansinho
Guardião incansável e atento
Um bravo lutador que nunca se entrega
E o doce companheiro das horas solitárias

Mas o nunca um dia chega
E deixa nossos sonhos opacos
O pesadelo na tormenta que se anuncia
E o teu brilho se converte em cinza
Estirado no chão em muda entrega
Opacos olhos inertes que jamais esquecerei

E quase sem querer ganhas a liberdade
Deixando em meu rosto nuvens de chuva
E a morte leva a quem gostamos
Para correr eternamente a céu aberto
Pastoreando nuvens desgarradas

Félix A
http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20080227131627AAeO6VI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna!

Nosso pedacinho do céu...