.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! Abraços fraternos!

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS!  Abraços fraternos!
As homenagens são publicadas conforme a disponibilidade de tempo. Se ela chegar sem foto e mensagem não poderei publicar. As homenagens são publicadas conforme a ordem de chegada no e-mail.

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! ABRAÇOS FRATERNOS!

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Estrelinha Teca


2004
06/10/2015


Teca

Dia 12/04/2014 onde tudo começou...
Era um dia chuvoso e frio quando vc me encontrou gemendo e gritando por ajuda. Eu sentia muita dor mas mesmo tempo era forte e tentava me arrastar para sair dali, até que você e a tia Talita Alves resolveram me ajudar.
Fomos até o CBE e lá conhecemos a tia Ludmille Almeida e graças a ela ao Projeto Vira Lata e a tia Cida Campanelli que recebi os cuidados necessários do qual eu necessitava. Tirei raio X e descobri que tinha fraturado a bacia (que dor eu sentia) mas logo fui tomando remédio e passou! Eu não tinha pra onde ir então a mamãe (que é como eu chamo a moça que cuidou de mim) me levou pra casa dela e lá fui me recuperando...
No começo não fui bem aceita (minha vovó não queria mais um bichinho) mas com o tempo eu consegui conquistar o coração dela :) Era pra ser temporário mas o coração da mamãe falou mais forte e lá eu fiquei.
Assim que a mamãe me adotou me levou para tomar vacinas e fazer alguns exames... Foi um choque! Mamãe descobriu que eu tinha começo de sopro no coração, câncer de mama (com metástase) e um baita de um tumor na vulva! Céus! Como ela chorou! Mas mesmo assim ela não desistiu de mim. Me levou pra casa e ficou rezando comigo para que papai do céu me iluminasse e que eu vivesse com ela por um longo tempo.
Meu irmãozinho Hórus me recebeu tão bem! Éramos um grude! Aonde ele ia eu ia atrás... Aprendi muitas coisas com ele!
No começo eu ficava com medo, achei que todos na casa nova iriam me bater mas quando via que eles apenas levantavam a mão para me acariciar... Ah, que bom que era!
Aos poucos fui pegando confiança na minha nova família... Mamãe sempre levantava cedo e antes de ir trabalhar me dava remédios (com carninha moída! Humm!), ia encher nossos potinhos com água e comida e só depois ia tomar café e se arrumar para trabalhar. Eu ficava tão feliz quando ela vinha nos acariciar... Ela me enchia de beijos e sempre dizia que me amava!!
As vezes eu trocava o dia pela noite (devido a idade talvez) e ficava latindo por um longoooo tempo até que alguém acordasse e fosse me dar bronca pra voltar pra cama. A vovó dizia para a mamãe: "Eu vou esgoelar essa bichinha!". Mas que nada... Logo quando chegava a noite lá estava ela aconchegando eu e o mano na cama, cobrindo com o cobertor e até em muitos dias de frio, colocando roupinhas na gente! Hahahaha
O tempo foi passando e logo a mamãe resgatou também dois cachorrinhos da rua... Como sempre o coração falou mais alto! Acabou adotando a Branca que assim virou nossa irmãzinha
Eu fiquei arrasada pois o Horus tinha me deixado de lado e só queria saber dela a Branca foi destruindo tudo o que era meu e queria tomar meu lugar. A mamãe sempre brigava com ela e ficava do meu lado (também eu era mais velha né?) e logo ela foi tomando jeito.
Os dias foram passando e mamãe percebeu que eu não estava bem. Fui deixando de comer, ficando fraca, até que ela resolveu me levar na clínica para ver o que eu tinha...
Mais uma vez foi um choque para mamãe :( Ela descobriu que o câncer tinha se alastrado mais ainda e pior, eu já estava com um baita tumor no baço e no fígado (sem chances de recuperação). Fiquei tomando soro e logo fui pra casa. No primeiro dia eu até consegui comer um pouco mas logo depois não queria mais nada (nem água eu conseguia beber mais). Acho que estes foram uns dos piores dias da vida da mamãe (como ela chorava meu Deus).
Fui ficando cada vez mais fraquinha e mal conseguia ficar em pé! Tentava fazer xixi e muitas vezes caia no chão de tão fraca...
A mamãe sempre me falava todas as noites antes de dormir: "Que o papai do céu te ilumine, te abençoe e te guie. Amém!". E essas foram umas das últimas palavras que consegui ouvir dela. Ah! Ela disse também que agora era hora de eu ir morar com o papai do céu pois ele me queria com ele e que ela sempre iria me amar, que em breve estaríamos juntas novamente e assim eu fiz! Obedeci a mamãe e fui morar com o papai do céu.
Foi bem triste ver minha família chorando por mim, mas agora eu vou ser o anjinho deles! Vou ser a estrela que mais irá brilhar no céu!!
A mamãe não sabe ao certo quantos anos eu tinha, ela disse que bem mais de 10 e que apesar do pouco tempo que passamos juntas, ter adotado uma cãozinha tão idosa quanto eu, foi uma das melhores coisas que ela fez na vida! Que foi algo maravilhoso que ela sempre irá guardar no coração dela.
Eu agradeço imensamente tudo o que eles fizeram por mim e peço que o meu papai do céu abençoe aqueles meus irmãozinhos da rua que também tanto sonham em ter uma família como a que eu tive (por pouco tempo mas tive).

Agora só deixo lembranças e vários lambeijos (daqueles que a mamãe adorava) no coração de cada um deles!
Obrigada também a Dra Marina Gavioli, Dra Lilian Cotrim Nogueira Schramm e Graziela Cani de França por terem me ajudado enquanto eu ainda estava aqui.
Amo cada um de vcs!
Até breve!
Lambeijos...


Pedido de Homenagem feito por 
Gabriela Eyng Silva


Um comentário:

  1. Mensagem de São Francisco de Assis

    Sei que lágrimas de dor vertem agora dos teus olhos, dia em que teu animal se foi, e se afastou de ti e se aproximou de Deus. Todavia, dou-te uma nota feliz neste dia tão triste:

    Jamais Deus teria sido injusto com os animais! Por isso, não importa quem está nascendo ou morrendo, há sempre alguém chamando por ti; então VIVA!

    Agora mesmo, neste exato instante em que choras, teu anjo amado segue e evolui... Brilha na imensidão do espaço e volta, manso e feliz ao aconchego das almas!
    Com tua mania racional, teimas em duvidar, mas nada importa, senão continuar a VIVER!
    As hostes dos Anjos e Francisco cuidam das luzes em pêlos e preparam suas patas para uma nova vida.
    Enxuga teu rosto e acredita! Fizeste a parte que te cabe no mundo...Um sonho jamais termina num último miado, nem se pode calar os latidos de um dia.
    Então podemos crer novamente...VIVA!
    É que o Criador adora suas crias!
    E deixa que elas permaneçam sempre vivas na memória dos que ficam...
    Elas cumpriram com o seu Divino mandato:
    AMAR-TE !

    ResponderExcluir

Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna!

Nosso pedacinho do céu...