.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.ღ Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna! ღ

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! Abraços fraternos!

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS!  Abraços fraternos!
As homenagens são publicadas conforme a disponibilidade de tempo. Se ela chegar sem foto e mensagem não poderei publicar. As homenagens são publicadas conforme a ordem de chegada no e-mail.

.

.

ღ NO MOMENTO AS HOMENAGENS ESTÂO SUSPENSAS! ABRAÇOS FRATERNOS!

sábado, 15 de março de 2014

Estrelinha Tininha



Tininha

Sinto tanta falta de você Tininha, cada canto da Casa está vazio, o meu lado está vazio, você vivia do meu lado, o vazio na Casa machuca, mas sei que você estava sofrendo muito e mesmo que não quisesse ir embora, não poderia ficar aqui do jeito que você estava... Me perdoa, meu sofrimento também é muito Grande, sinto que a trai fazendo-a ir embora... Mas tenho certeza que um dia nos encontraremos novamente e será uma festa!!! Fica com Deus amor DA minha vida, eterno!
E quando chego em Casa? é muito triste, não tenho mais você abanando o rabinho e sorrindo pra mim... E quando assistíamos a TV e VC prestava atenção como quem entendia tudinho que se passava na telona...é como eu dizia, você é quase humana, mas com boas qualidades... Eu te amo.



Minhas posses materiais são poucas e deixo tudo para você.
Deixo para você uma coleira mastigada numa das extremidades em que faltam dois botões, uma desajeitada cama de cachorro e uma vasilha de água que está rachada na borda.
Deixo para você a metade de uma bola de borracha, uma boneca rasgada que você vai encontrar debaixo DA geladeira, um ratinho de borracha sem apito que está debaixo do fogão DA cozinha e uma porção de ossos enterrados no canteiro de rosas e sob o assoalho DA minha casinha.
Além disso, deixo para você as lembranças que, aliás, são muitas.
Deixo para você a memória de dois enormes e meigos olhos marrons, de uma caudinha curta e espetada, de um nariz bem molhado e de algumas choradeiras atrás DA porta.
Deixo para você uma mancha no tapete DA sala de estar, bem do lado DA janela, de quando, nas tardes de inverno, eu me apropriava do lugar e me enrolava feito uma bolinha para pegar um pouco de Sol.
Deixo para você um tapete meio esfarrapado em frente DA tua cadeira preferida que nunca foi consertado com o tipo de linha certo. É verdade, eu o mastiguei todinho quando ainda tinha cinco meses de idade, lembra?
Deixo para você um esconderijo que fiz no jardim embaixo dos arbustos perto DA varanda DA frente, onde eu encontrava abrigo nos dias de verão. Ele deve estar cheio de folhas agora e por isso talvez você tenha dificuldade em encontrá-lo. Sinto muito!
Deixo só para você, o barulho que eu fazia ao sair correndo sobre as folhas de outono quando passeávamos pelo bosque.
Deixo também só para você, a lembrança de momentos matinais, quando caminhávamos juntos à margem do riacho e você me dava biscoitos de baunilha.
Recordo-me das tuas risadas, quando não consegui alcançar um coelho impertinente.
Deixo-lhe como herança minha devoção, minha simpatia, meu apoio em tempos que as coisas não iam bem, meus latidos nos momentos que você levantava a voz aborrecido e a minha frustração por você ter ralhado comigo.
Eu nunca fui à igreja e nunca escutei um sermão. No entanto, mesmo sem haver falado sequer uma palavra em toda a minha vida, deixo para você o exemplo de paciência, amor e compreensão.


karem

2 comentários:

  1. Mensagem de São Francisco de Assis

    Sei que lágrimas de saudades vertem agora dos teus olhos, dia em que teu animal se foi, e se afastou de ti e se aproximou de Deus. Todavia, dou-te uma nota feliz neste dia tão triste:

    Jamais Deus teria sido injusto com os animais! Por isso, não importa quem está nascendo ou morrendo, há sempre alguém chamando por ti; então VIVA!

    Agora mesmo, neste exato instante em que choras, teu anjo amado segue e evolui... Brilha na imensidão do espaço e volta, manso e feliz ao aconchego das almas!
    Com tua mania racional, teimas em duvidar, mas nada importa, senão continuar a VIVER!
    As hostes dos Anjos e Francisco cuidam das luzes em pêlos e preparam suas patas para uma nova vida.
    Enxuga teu rosto e acredita! Fizeste a parte que te cabe no mundo...Um sonho jamais termina num último miado, nem se pode calar os latidos de um dia.
    Então podemos crer novamente...VIVA!
    É que o Criador adora suas crias!
    E deixa que elas permaneçam sempre vivas na memória dos que ficam...
    Elas cumpriram com o seu Divino mandato: AMAR-TE !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje me sinto melhor, sinto muita falta da minha anjinha, cheiro a roupinha que ainda tem o cheiro dela, mas estou tentando ir em frente. Eu sou devota de são Francisco também e acredito que fiz o melhor para ela... a saudade ficará para sempre....

      Excluir

Saudade lembrada, saudade sentida, saudade hoje e para o resto da vida...saudade eterna!

Nosso pedacinho do céu...